Primeira fotografia oficial tirada no Brasil

em Artigos e Entrevistas, Notícias.

 Louis Compte escola focus enio leite focus curso de fotografia online focus fotografia cursos de fotografia online escola de fotografia sp focus escola de fotografia escola de fotografia focus dicas canon 580ex ii curso de fotografia sp focus foto faculdade de fotografia jacques dequeker cursos fotografia  cursos de fotografia em sp focusfoto nikon d90 escola focus de fotografia cursos de photoshop fotografia noticias

A foto é do frances Louis Compte, que introduziu no Rio de Janeiro o processo fotográfico chamado Daguerreotipia

A Primeira fotografia oficial tirada no país,  foi feita pelo francês Louis Compte, que introduziu no Rio de Janeiro o processo fotográfico chamado Daguerreotipia.

Ele chegou de Paris no dia 16 de janeiro de 1840 e realizou três demonstrações sobre o funcionamento da espécie de máquina fotográfica, apresentando o instrumento ao imperador D. Pedro II.

As fotos foram expostas no outro dia, no Hotel Pharoux, no Largo do Paço, ilustrando o chafariz do Largo, a Praça do Peixe, o Mosteiro de São Bento e todos os outros objetos circunstantes.

Difusão da técnica

Entusiasmado com a nova invenção, apesar de ter apenas 14 anos, D. Pedro II encomendou um equipamento de Daguerreotipia e promoveu a arte fotográfica brasileira, difundindo a nova técnica por todo o país.

Primeira experiência

Um dos pioneiros da fotografia no Brasil foi o pintor e naturalista francês, Antoine Hercules Romuald Florence, que chegou ao país em 1824 e se estabeleceu em Campinas – SP.

Em 1833, ele fotografou através da câmara escura, com uma chapa de vidro e usou papel sensibilizado para a impressão por contato. Florence chamou o experimento de ‘Photografie’.

Fonte: http://goo.gl/C1jrf

Veja também: http://focusfoto.com.br/?p=6058

Sobre o autor

O objetivo deste blog é promover educação continuada para nossos alunos e ex-alunos, por meio de artigos e textos complementares referentes a assuntos previamente discutidos em sala de aula com nossos alunos presencias e também com a devida participação dos alunos dos cursos a distância EAD. Procuramos também compartilhar nesse espaço contribuições de nossos professores ou alunos ou ainda de terceiros, que efetivamente agreguem valor ao nosso aprendizado. Nosso projeto de A Educação Continuada é oferecer oportunidade para você que investe no seu desenvolvimento pessoal, profissional e cultural e quer ingressar no mercado de trabalho pela porta da frente e agregar valor a produção fotográfica brasileira. O certificado de conclusão de curso, emitido pela Focus Escola de Fotografia faculta o aluno obter seu registro Mtb de fotógrafo profissional. Para tanto deverá concluir todos os módulos, ser aprovado nas avaliações modulares, no TCC, processos de estágio e no exame final. Este registro é fundamental para o exercício da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, bancos de imagens, agencias de noticias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros paises ou ongs. internacionais, como "Fotógrafos sem Fronteiras" entre outros. Seja fotógrafo devidamente regulamentado. Qualidade fotográfica é o nosso diferencial. AUTOR DO PROJETO: Caso queira contribuir conosco, não deixe de enviar suas sugestões e links para cursos@focusfoto.com.br. ORGANIZADOR DO BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico,fotoquímico, inventor e professor universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a Focus – Escola de Fotografia, instituição de ensino técnico e tecnológico.. No mesmo ano, suas fotos são expostas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez pela referida instituição como obra de valor artístico. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universita Degli Studi di Roma. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e inventor. Escritor publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na segunda edição. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: BBC/Brasil 13/06/2014)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)