A FORMA COMO A NATUREZA SE RELACIONA COM A FOTOGRAFIA

em Dicas & Tutoriais, dicas de fotografia.

Fotografia de natureza, forma, natureza, fotografia, fotógrafos profissionais, amadores, predileção, olhos, alunos, fotografia cursos amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia EAD, escola focus, cursos de fotografia presencial SP, Enio Leite, curso de fotografia online, aula de fotografia, fotografia profissional, focusfoto,  Angelina Jolie

A Fotografia de Natureza é uma área muito procurada entre fotógrafos (Reprodução)

Desde o princípio, os temas relacionados à natureza foram bastante abordados tanto por fotógrafos profissionais como por amadores.

Quero Bolsa/Ricardo Rezende

O fotógrafo amador tem especial predileção por esse tema, pois desde o primeiro instante fica impressionado com a grandiosidade que se manifesta perante aos seus olhos: o verde, os animais, as aves, o barulho das águas… Tudo encanta.

Os alunos do curso de fotografia passaram a ver a natureza de outra forma através dessa abordagem.

Com o advento da fotografia colorida e das objetivas que equipam as câmeras, como grande angulares e teleobjetivas, a Fotografia de Natureza ganhou um enorme destaque em suas mais diversas formas de expressão. O homem passou a enxergar formas, luzes e nuances, cores das folhas, as tonalidades do crepúsculo, o azul dos mares e uma infinita gama de elementos à sua volta.

No final do século XIX e começo do século XX, as fotografias de animais fizeram muito sucesso, principalmente porque passaram a ser impressas em cartões postais. Mas a maior parte dessas fotos eram de animais domésticos.

Com a criação das teleobjetivas, o homem passou a se aventurar por locais como savanas, parques nacionais e florestas, a fim de obter imagens de animais dos quais a aproximação não era uma tarefa segura.

Na Fotografia profissional, o fotógrafo deve ser paciente, pois deve esperar o momento certo para obter o enquadramento desejado. O clima, o ângulo do sol, a chuva e os próprios animais não estão sempre no local na hora propícia em que se deseja fotografar – é necessário esperar.

O fotógrafo também deve ser humilde. No caso de estar tirando fotos de animais, é preciso lembrar que está se embrenhando num ambiente onde eles vivem. Portanto, deve ser cauteloso e saber a hora de se retirar.

Deve-se ter domínio da técnica: saber usar com precisão o equipamento que está em suas mãos, tendo um olhar ágil para não perder nenhum detalhe daquilo que está à sua volta. É necessário ter acuidade visual, ou seja, estar atento às tonalidades e cores da paisagem.

Outra coisa importante é o preparo físico. Muitas vezes, o profissional entrará em locais onde terá que fazer longas caminhadas ou subidas por terra, pisando em pedregulhos, lama, etc.

Terá que se aventurar durante horas no meio de uma mata ou outras travessias, não esquecendo que na maioria das vezes ele estará levando uma bagagem com todo o equipamento necessário, inclusive o tripé.

As fotos de natureza não são usadas somente para destacar a beleza. Elas têm inúmeras funções importantes. Servem para mostrar locais onde a maioria das pessoas nunca poderão conhecer pessoalmente.

Têm uma função didática, muito usada em livros escolares e enciclopédias e também servem para alertar a sociedade sobre crimes ecológicos, como devastação de matas, incêndios, animais que correm risco de extinção, entre outros problemas.

O intuito deste texto não é fazer você sair por aí, entrar no meio do mato ou em locais desertos para tirar boas fotos. Procure começar a tirar fotos de sua rua, do seu espaço, de modo a não correr nenhum risco, pois existem situações que temos de levar em conta, como foi falado acima. Procure visualizar as fotos da natureza em livros e revistas, já é um bom começo.

Fonte: https://goo.gl/zgvqMU

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia, nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 12/03/2019)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)