A fotografia moderna e contemporânea pelas lentes de 34 fotógrafos em exposição em SP

em Notícias, Serviços.

 escola de fotografia focus escola de fotografia focus foto escola focus enio leite cursos fotografia

Imagens de Pierre Verger também estarão presentes na amostra

Uma viagem ao mundo da fotografia moderna e contemporânea, por meio de imagens captadas pelas lentes de 34 fotógrafos, entre brasileiros e estrangeiros, é o que propõe a exposição ‘Momentos e Movimentos’, do Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado (MAB-FAAP). A partir de 14 de fevereiro, os visitantes poderão conferir cerca de 170 fotos reunidas nos últimos dez anos pelo MAB-FAAP, que mostram diferentes momentos históricos e movimentos da fotografia.

Com curadoria do Prof. Rubens Fernandes Junior, diretor da Faculdade de Comunicação da FAAP, a mostra está dividida em cinco espaços: Moda, Comportamento e Estilo; O Corpo e suas Formas; O Retrato: atitudes e atuações diante do aparelho; Experimentações e Sonhos; e Fotomontagem. “A ideia é criar um percurso que dê evidência tanto à força das imagens, quanto à singularidade de cada conjunto autoral’, destaca o Prof. Rubens, que também é crítico de fotografia.

‘Moda, Comportamento e Estilo’ – uma verdadeira aula de direção e controle do ato fotográfico. A seção apresenta um amplo painel sobre a moda formal e descontraída a partir de registros aparentemente espontâneos. Com imagens que vão do clássico Horst P. Horst, alemão cujas fotos se caracterizam pelo uso da luz dramática, ao eclético Jean Manzon, francês que atuou em revistas como ‘O Cruzeiro’ e ‘Manchete’. Também reúne registros de autoria desconhecida das experiências performáticas de Flávio de Carvalho, e fotos do fotógrafo internacional Otto Stupakoff e dos contemporâneos Morgade, J.R Duran e Bob Wolfenson.

Fotografias expressivas do corpo humano estão reunidas no espaço ‘O Corpo e suas Formas’. A seção abriga imagens dos franceses Jean Moral e Pierre Boucher, que exploram o movimento e os detalhes do corpo, e de Luiz Tripolli, fotógrafo que desde o final dos anos 1960 apresenta experiências de luz em sintonia com a sensualidade e a beleza corporal.

O primeiro gênero da linguagem fotográfica que oferece originalidade poética, o retrato, também é um dos destaques na exposição. A seção ‘O Retrato: atitudes e atuações diante do aparelho’ apresenta imagens de Otto Stupakoff, Luiz Tripolli, Jairo Goldflus, Bob Wolfenson, J.R.Duran, Bob Gruen, Jean Solari, Paulo Vainer, Miro e Eduardo Simões.

Em ‘Experimentações e Sonhos’, o público tem a oportunidade de conferir como os sonhos e as viagens são explorados nas imagens de German Lorca, Thomaz Farkas, Mario Cravo Neto, George Love e Sarah Moon. A paisagem em transição e os instantâneos cotidianos também são apresentados por meio de fotografias de Valdir Cruz e Pierre Verger. “Ambos trouxeram para a fotografia uma experiência inventiva e independente, dissociada dos modismos, ampliando os limites da percepção visual com emoção e precisão técnica, características de um documento fotográfico”, explica o curador.

A exposição traz ainda, em ‘Fotomontagem’, trabalhos do artista esloveno Stane Jagodic. As fotomontagens criadas por ele fizeram parte da exposição coletiva ‘Vermelho/Projetto Rosso – operação experimental’, realizada pelo MAB-FAAP em 1986, e representam uma visão crítica e política dos anos 1980. Políticos como Margareth Thatcher e Ronald Reagan, o Papa João Paulo II, as imagens clássicas de Marx e Lênin, além dos exageros da publicidade e do excesso do consumo não escaparam aos olhos criativos e atentos do artista. “Suas fotomontagens foram importantes contribuições artísticas para a compreensão do momento histórico no qual estavam inseridas”, completa o Prof. Rubens.

A exposição ‘Momentos e Movimentos’ fica em cartaz até 29 de abril e pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 10h00 às 20h00, e aos sábados, domingos e feriados, das 13h00 às 17h00, com entrada gratuita.

Fonte: http://goo.gl/QxlBD

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 12/03/2019)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)