Autor da famosa foto de uma jovem afegã é criticado por uso de Photoshop

em Uncategorized.

Steve McCurry, jovem afegã, uso de Photoshop, National Geographic, revista Time, contador de histórias visuais, fotojornalista, registro jornalístico, Focus Escola de Fotografia, curso fotografia, aulas de fotografia, workshops de fotografia, focus, fotografia, curso de fotografia,   curso focus, cursos de fotografia, curso fotografia, escola focus, escola de fotografia focus, curso fotografia online, focus foto, focus fotografia, aula de fotografia, direito consumidor contrato de prestação fotografia, fotos intimas de marcela temer, marcela temer fotos intimas, fotos intimas marcela temer,  playboy, marcela temer nua, fotojornalismo brasileiro, marcela temer pelada, história do fotojornalismo brasileiro,

                                  Steve McCurry : “Agora não sou mais um fotojornalista, e, sim, um “contador de histórias visuais”.                                                   

Conhecido mundialmente pela foto de uma jovem órfã afegã de olhos verdes que estampou a capa da revista “National Geographic” em 1984, o premiado fotojornalista americano Steve McCurry admitiu já ter utilizado Photoshop em seus trabalhos.

Em entrevista à revista americana “Time”, ele se justificou argumentando que, apesar de ter passado anos cobrindo zonas de conflito, agora não é mais um fotojornalista, e, sim, um “contador de histórias visuais”. Sem admitir erros nem especificar em quais trabalhos utilizou o recurso, McCurry prometeu que irá maneirar no uso do software de edição em todas as suas imagens.

 “Apesar de achar que poderia fazer o que eu quisesse com minhas fotos em um sentido estético e composicional, agora entendo o quão confuso isso deve ser para pessoas que pensam que eu ainda sou um fotojornalista”, disse McCurry à “Time”. “Daqui para frente, estou empenhado em utilizar o programa de forma mínima, para o meu próprio trabalho, mesmo em viagens pessoais”, acrescentou.

 A controvérsia teve início no início deste mês quando o fotógrafo italiano Paolo Viglione postou na internet uma foto de McCurry erroneamente “photoshopada”, tirada em uma viagem a Cuba .

Na imagem, a perna de uma pessoa aparece borrada e incompleta. O caso foi revelado pelo site sobre fotografia “PetaPixel”. Depois que o primeiro caso de edição nas imagens de McCurry se tornou público, vários exemplos similares foram resgatados na internet, incluindo imagens hospedadas no próprio blog do fotógrafo, que acabaram deletadas.

A edição de imagens é uma questão delicada no fotojornalismo. Boa parte dos profissionais diz que a prática fere a ética do trabalho, defendendo que nenhum retoque deve ser feito quando o fim do registro é jornalístico. Mesmo mudanças mais técnicas, como alterações no contraste, brilho e uma eventual inversão de imagem, costumam levantar polêmica no meio.

fotografia, (11) 31072219, focus fotografia, escola focus,  escola de fotografia focus, escola focus de fotografia, curso de fotografia, curso fotografia, focus, álbum casamento diagramação, escolas de fotografia sp, escola de fotografia online, escolas de fotografias em sp, cursos de fotografias online, cursos de fotografias em sp, escola fotografia vila madalena, cursos de fotografias em sp, curso de fotografias sp, curso de fotografia online, curso de fotografia sp,  cursos de fotografia, fotografias, focus escola de fotografia, focus fotografia ensino e comércio,  Mtb fotografo profissional, Enio Leite, Sebastião Salgado, cursos vips de fotografia, cursos de fotografia online, cursos de fotografia a distância EAD, cursos de fotografia publicitária, curso de fotografia de produtos, cursos fotografia de moda e beleza, cursos fotografia casamentos, faculdades de fotografia, curso de fotografia estúdio, curso de fotografia e-commerce, workshops de fotografia,  Henri Cartier-Bresson, cursos de fotografia zona leste sp, cursos de fotografia zona sul sp, cursos de fotografia zona oeste sp, cursos de fotografia em santos, cursos de fotografia zona central sp, cursos de fotografia vila mariana sp, cursos de fotografia vila Madalena sp, cursos de fotografia pinheiros sp, curso de fotografia santo amaro sp, cursos de fotografia ABC paulista, aulas de fotografia sp, aula de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia centro SP, aula particular de fotografia, aulas particulares de fotografia, cursos de vídeo DSLR, cursos de fotografia profissional, cursos profissionalizantes de fotografia, curso de fotografia médica, curso de fotografia dental, cursos de fotojornalismo, curso fotografia still, técnica fotográfica,

Segunda imagem mostra edição no espelho d’água em capa da “National Geographic”

 Uma das fotos clássicas do fotógrafo que foram alteradas é a da capa da revista “National Geographic” de dezembro de 1984, sobre as enchentes causada por monções (ventos periódicos do sul da Ásia) na Índia (veja acima). A edição, feita na época, alterou a textura do espelho d’água para atenuar o efeito de reflexo. “O uso do Photoshop naquela imagem poderosa assegurou que ela não fosse rejeitada por estar na horizontal”, contemporizou McCurry à “Time”. “Alguns diriam que isso é errado. Considerei apropriado porque sua verdade e integridade foram mantidas.” Segundo a diretora de fotografia da “Time”, Sarah Leen, esse é um exemplo de edição de foto que acontecia há “32 anos, em uma outra era” e que isso “nunca ocorreria atualmente”.

Fonte: http://goo.gl/35vkpf  

FOCUS Escola de Fotografia – Desde 1975: http://focusfoto.com.br 
onheça os novos cursos da Focus: http://focusfoto.com.br/cursos/

Conheça os trabalhos de nossos alunos: https://goo.gl/FAflIK
Fale com a Focus: [email protected]

Atualize-se com o Blog da Focus: http://focusfoto.com.br/blogs/
 Seja fotografo regulamentado. Obtenha seu registro Mtb de fotografo profissional

 Referência em ensino de fotografia
“Faça bem feito, faça Focus! – 1975 – 2016 = 41 anos”
 

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 15/08/2020)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)