Blog Focus

Informações, artigos, aulas, tutoriais e novidades
sobre o mundo da fotografia

MAIS DE 30% DOS BRASILEIROS JÁ ENVIARAM FOTOS ÍNTIMAS, DIZ PESQUISA

por em .

fotos íntimas, celular, focus escola de fotografia
Dados são de pesquisa realizada pela Kaspersky, que também aponta que 53% dos brasileiros não protegem seus dispositivos

Enviar fotos íntimas é
mesmo um hábito comum entre brasileiros. É o que aponta a pesquisa realizada
pela Kaspersky, realizada em conjunto com a empresa chilena Corpa.

Segundo o estudo, 34% das
pessoas já enviaram fotos do tipo a parceiros ou amigos, e 28% já se filmaram
ou se fotografaram em situação íntima usando o próprio celular ou tablet.

Os dados em si não
gerariam preocupação, se não fosse o fato de que 53% das pessoas não protegem
seus dispositivos, de acordo com os dados levantados por outra pesquisa
realizada pelo laboratório no Brasil. Além disso, somente 21% dos brasileiros
adotam soluções antirroubo em seus smartphones, o que tende a deixar os nudes
ainda mais expostos a ação de terceiros.

A atenção com esse tipo
de conteúdo deve ser redobrada porque há uma série de golpes envolvendo fotos
íntimas. Uma pessoa mal-intencionada pode praticar o Catfish, por exemplo, para
obter imagens comprometedoras e depois tentar extorquir o autor – truque
conhecido como sextorsão.

Mas mesmo a situação de
um amigo pegando o smartphone emprestado ocasionalmente pode acabar se
transformando em exposição. Para se prevenir, a regra básica é definir uma
senha para o dispositivo. Você também pode colocar senha em apps com
informações sensíveis, como o WhatsApp ou a galeria do telefone.

Outra dica é ter um
aplicativo que consiga apagar seus dados do celular remotamente em caso de
perda ou roubo. O próprio Kaspersky Antivírus, disponível para Android, conta
com esse recurso. As fabricantes também têm soluções nativas, como iPhone
(iOS), que pode ser gerenciado pelo iCloud, e o Android – Encontre o meu
dispositivo, do Google.

Fonte: https://glo.bo/2Io9PFC

Aproveite para conferir mais
notícias sobre fotografia no blog da Escola Focus.

#fotos_íntimas #sensual #fotografia_notícias
#fotografia_casamento #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  #cursosdefotografia

MS OPTICS LANÇA NOVAS LENTES 50MM PARA CÂMERAS LEICA

por em .

lentes leica, lente 50mm, focus escola de fotografia
A MS Optics, fabricante japonesa de lentes, lançou duas novas lentes para câmeras Leica M-mount: a Vario Prasma 50mm f/1.5 e a ISM 50mm f/1.0.

A nova lente Vario
Prasma é descrita como ‘uma interpretação moderna’ da Kino-Plasmat, enquanto a
ISM 50mm f/1.0 é uma lente ultra-rápida que também é extremamente pequena e
leve.

Resumo Fotográfico

A lente MS Optics Vario
Prasma 50mm f/1.5 é baseada nas lentes Plasmat projetadas em 1918 por Paul
Rudolph. No que é referido como uma interpretação moderna, a interpretação de
Miyazaki san inclui ‘melhorias únicas’, incluindo amortecimento de foco
melhorado, abertura separada e a inclusão de um anel de aberração esférico
ajustável.

A lente possui 6
elementos em 4 grupos, foco de 0,8m a infinito, multirrevestimento em todas as
superfícies, comprimento focal de 52mm e acabamento Silver Chrome e Black
Chrome. De acordo com o site Japan Camera Hunter, a lente está atualmente em
produção com o envio antecipado em ‘semanas’. O modelo pode ser pré-encomendado
por US$ 1.200.

Miyazaki queria desafiar
a si mesmo para fazer uma lente ultrarrápida na mesma faixa dos grandes nomes
como Noct, Xenon e Angenieux”, explica o site Japan Camera Hunter. O
resultado é a nova lente ISM 50mm F1.0 para Leica M-mount, a lente mais rápida
do criador até hoje.

A lente ISM 50mm f/1.0 é
pequena e leve com 40mm de comprimento, 50mm de diâmetro e 178g de peso. A
lente possui 7 elementos divididos em 5 grupos, 16 lâminas de abertura
arredondadas, filtro de 55mm e um capô reversível com um anel de vedação para
armazenamento.

A lente MS Optics ISM
50mm f/1.0 M-mount pode ser encomendada no site Japan Camera Hunter em dois
acabamentos (Black Chrome e Silver Chrome) por US$ 1.700.

Fonte: https://bit.ly/2Fehggm

Aproveite para conferir mais
notícias sobre fotografia no blog da Escola Focus.

#leica #objetivas #fotografia_notícias
#fotografia_casamento #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  #cursosdefotografia

CONTRASTE DE CORES

por em .

contraste de cores, composição, escola focus, focusfoto
Cores diferentes, colocadas juntas em uma composição, criam contrastes, muito em particular se forem cores saturadas muito afastadas no círculo das cores ou sobreposta ao preto ou ao branco

Juntas, as cores quentes
saturadas e as cores frias saturadas, provocam ousados contrastes e o efeito é mais
forte quando uma cor saturada se encontra ao lado as sua complementar, ou
oposta, do círculo das cores
.

Para dar um maior contraste de
cores entre o elemento principal da fotografia e as suas vizinhanças imediatas
sirva-se de duas cores que se complementam uma a outra (tal como azul e
amarelo). O conflito de matizes provocará um efeito dramático, dando uma ênfase
decisiva ao tema principal.

A importância do contraste de
cores pode ser apreciada se imaginar que as fotografias desta página eram
apenas preto e branco. As cores dos temas seriam apenas tons semelhantes de
cinzento e diminuiriam muito as ênfases dadas pelos contrastes de cor.

Demasiadas cores brilhantes podem
chocar-se umas com as outras e confundir a imagem e só devem ser utilizadas
quando desejar causar um efeito discordante. Com as cores brilhantes, o maior
impacto cria-se muitas vezes com composições simples.

Contraste de cor

Essa fotografia possui uma gama
limitada de tons e cria contrastes com o uso da cor.

Em comparação, a mesma cena a
preto e branco parecia sem vida. Uma luz suave e uniforme faz ressaltar as
cores pálidas das folhas contra o fundo suave da parede.

Cores Ativas e Passivas

O contraste entre vermelho ativo
e o azul passivo é apoiado pela forte composição do baloiço. O azul como que
recua o vermelho avança, pelo que o baloiço quase parece saltar para fora da
imagem. As linhas diagonais aumentadas da sensação de movimento de velocidade
rápida do obturador e uma visão quase frontal congelaram o movimento.

Contraste com Preto e Branco

A forte cor avermelhada das
montanhas ganha relevo e torna-se mais luminosa por contraste com o primeiro
plano negro e subexposto e pelo céu claro. As silhuetas simples e escuras dos
arbustos e cactos constituem formas poderosas contra o fundo da cor.

Aproveite para rever mais dicas sobre a função das cores nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

#composição #cores #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

A AMPLITUDE DINÂMICA

por em .

amplitude dinâmcia
Na medida em que os fotógrafos têm se tomado proficientes no trabalho com imagens digitais, sua percepção da amplitude dinâmica – a amplitude de luminosidade na cena – cresceu

Em contraste com os filmes
fotográficos, com respostas incorporadas, as imagens digitais podem ser
prontamente adaptadas á amplitude de luminosidade de qualquer cena.

Luminosidade , alto e baixo contraste

Nossa percepção de textura e
forma de sermos capazes de distinguir os tons que as definem. As cenas que
registramos são basicamente um mapa de variações tonais – escuro aqui, claro lá,
com limites entre os tons da imagem representando as margens físicas e
contornos das formas cenas.

 A medida da quantidade de luz aparente
refletida em uma superfície é chamada de luminosidade. Perceba que a
luminosidade não faz referência à cor da luz; forma textura e detalhe podem ser
destemidos em preto e branco.

Cada cena oferece uma determinada
gama de luminosidade do motivo – a diferença entre a parte mais clara da imagem
e a mais escura. Uma imagem com grande amplitude dinâmica tem uma amplitude de
luminosidade ampla (descrita como “contrastada”0, enquanto uma imagem com baixa
amplitude dinâmica é caracterizada pela amplitude estreita de luminosidade
(descrita como “baixo contraste.”)

 Nossa capacidade para distinguir diferentes
tons de luminosidade em uma cena varia com a luminosidade geral. Diferenças
sutis de luminosidade, fáceis de enxergar sob luz clara, são muito difíceis de
perceber sob condição de baixa iluminação.

O que consiste em amplitudes
médias ou baixas de luminosidade durante o dia que possa parecer contrastado
durante a noite. Como amplitude de luminosidade de motivo é refletida em sua
imagem depende da cena e do tipo de imagem que você deseja fazer.

 Por exemplo, a cena pode estar banhada pela
luz do sol, com sombras profundas projetadas pelas árvores e edifícios, neste
caso a amplitude de luminosidade parece ser ampla. Mas se você estiver
utilizando uma objetiva grande-angular que engloba uma grande parte da cena todos
os elementos claros e escuros são pequenos o suficiente para o sensor reagir a
eles como se fosse uma imagem de contraste mediano.

Aproveite para rever mais dicas sobre amplitude dinâmica nas
suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos
profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

DIVIDINDO O ENQUADRAMENTO

por em .

enquadramento, fotografia, focus escola de fotografia
O modo como a área de uma imagem é dividida pode ter grande influência em seu impacto e na maneira como ela é “lida” pelo observador, mesmo que, ao observador, este não tome consciência disso

Praticando com Enquadramentos Alternativos

Por exemplo, quando o horizonte é
colocado na parte de baixo do enquadramento (abaixo à esquerda), enfatiza-se o
céu, criando uma sensação de espaço aberto.

A técnica funciona bem quando céu
é interessante e chama a atenção – com– um céu de carneirinho, no começo ou no
fim do dia.

Por outro lado, quando o
horizonte é colocado na parte de cima do enquadramento (abaixo, à direita),
destaca-se o primeiro plano da cena enfatizando o que está próximo à câmera e
tirando o máximo das linhas que guiam o olhar na cena, ou dos objetos no
primeiro plano, para dar uma sensação de perspectiva e escala.

Colocar o horizonte no centro do
enquadramento, de modo que a imagem fique dividida em duas, não é muito bem
visto.

Em fotografia de paisagens, o
mais importante é não incluir muitos elementos. Diante de uma grande área de
campo aberto, pode-se ficar tentado a sair fotografando. Porém quando muitos
detalhes são incluídos no enquadramento, o impacto talvez se perca.

O bom é começar descobrindo o que
há na cena que causa atração. Talvez seja a luz nas colinas que chame a atenção
ou o padrão criado por um muro de pedra…

A melhor Maneira de Enquadrar

As três fotografias desta página
apresentam algumas opções que você tem ao fotografar uma paisagem.

Colocar o horizonte no meio da
imagem cria uma composição equilibrada, mas o resultado não é muito excitante.

Colocar o céu abaixo do centro,
para destaca-lo, cria mais drama.

Limitar a quantidade de céu
incluindo concentra a atenção no primeiro plano, mas deixa a imagem um pouco
estranha.

Talvez a prática mais eficiente
seja demonstrada na imagem principal, abaixo, na qual ponto focal claro, a
árvore no horizonte, equilibra o céu dramático e o primeiro pano mais simples.

As características físicas da cena
também podem ser usadas para dividir o enquadramento. Uma árvore ou o canto de
um edifício efetivamente cortarão parte da área da imagem ao bloquearem a vista
além daquele ponto.

Aproveite para rever mais dicas sobre enquadramento nas suas
apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos
profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

MANTENHA O FOCO!

por em .

fotografia, modelos, foco, focus cursos de fotografia
O ser humano é o principal tema na fotografia e, em geral, o principal tema na fotografia e, em geral, o principal elemento

Mas também pode ser usado como
um componente secundário – ou até ser visto como um elemento perturbador na
composição.

Uma coisa é certa: sempre que uma
pessoa aparece na foto, nunca passa despercebida. Quando o elemento humano está
integrado à composição de forma proposital, o resultado geralmente atinge o
objetivo do fotógrafo.

No entanto, muitas vezes, a
presença indesejada de alguém incomoda e pode arruinar o resultado se não for
trada com cuidado.

Uma foto posada em estúdio ou
ambiente externo, um retrato de personagem, a lembrança de viagem com alguém…
O elemento humano pode ser explorado de múltiplas formas. Na foto posada, o que
pode fazer a diferença para o fotógrafo é de terminar o que será mostrado, que
história será contada e que emoção pode ser passada.

O desafio é buscar sempre algo
que fuja do lugar-comum: nada mais aborrecer do que fotos de viagem com o retrato
posando ao lado de uma paisagem ou de um monumento. O fotógrafo deve pedir para
o modelo interagir com o ambiente ou, por meio da pose adotada, com observador
da imagem.

No caso de fotos de estúdio,
geralmente ambiente não imposta. Por isso, o importante é a pose do modelo, que
precisa ser inspiradora. É também por essa razão que a roupa importa muito
(quando não se grata de foto de moda, em que a própria roupa constitui o tema)
e pode ser proveitoso usar acessórios com os quais o modelo possa interagir.

O fotógrafo experiente geralmente
planeja o ensaio.Ele já sabe o que quer e dirige
as poses para alcançar o resultado mais espontâneo possível.

Mas não é preciso ter
conhecimento apurado em direção de modelos para realizar fotos bacanas.
Pesquisar em livros, revistas ou na internet para encontrar fotos inspiradoras,
tanto para montar um look como para escolher as poses que são referências em
moda e book, fazendo várias fotos com ângulos diferenciados até alcançar o
resultado desejado. Para ensaios em ambiente externo, as dicas são as mesmas,
com possibilidade extra de o modelo interagir com o espaço.

Aí, pode-se pensar em imagens
ainda mais diferenciadas, aproveitando plantas, grama, grades zonas urbanas ou
tudo o que for possível.

LEMBRE-SE:

O ser humano é o principal tema
da fotografia e pode ser também o elemento de maior destaque.

Existem múltiplas forma de
explorar o elemento humano em fotografia e o desafio é registrá-lo de maneira
criativa, fugindo do clichê.

Cabe ao fotógrafo incentivar a
pessoa a interagir com o ambiente ou dirigir a pose do fotografada de forma que
ele pareça a mais espontânea possível.

Pesquisar referências fotográficas em revistas, livros e sites na internet ajuda o iniciante a ter um repertório de poses que funcionam e facilitam a direção da cena.

Aproveite para rever mais dicas sobre
focalização nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia
dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

 #escola_focus #focus
#focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite   
#cursosdefotografia

APRENDA FOTOGRAFAR PESSOAS

por em .

fotografar pessoas, retratos, escola focus, focusfoto
A fotografia cresceu e evoluiu a partir dos retratos. Os primeiros retratistas, do final do século 19, substituíram os pintores daquela época

De atividade estilizada no
início do século 20 a popular já a partir da década de 1950, o ato de
fotografar passou por sucessivas evoluções tecnológicas
.

Mas a essência do olhar é que
importa independentemente da câmera ou aparelho que se tenha nas mãos.

E o que mais chama a atenção do
observador de fotografia é a presença do ser humano. Seja numa paisagem, numa
cena de rua, parado ou em movimento, as pessoas são o principal tema da
fotografia.

Por isso, um fotógrafo que deseja
produzir a trabalhar com elemento humano. Mesmo o mais simples retrato tem lá
seus macetes para ser realizado com perícia e arte.

Como retratar e explorar a figura
humana de variadas formas. São dicas valiosas do especialista Laurent Guerinaud
que com que você passe a fotografar com um viés profissional, tendo
oportunidade de melhorar a qualidade das imagens que envolvem pessoas, seja
como tema principal, secundário ou mesmo perturbador. Pode ter certeza de que
ao terminar de ler este volume, sua visão sobre fotografia de pessoas estará
mudada.

Aproveite para rever mais dicas sobre retratos nas suas
apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos
profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na
FOCUS!
https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

 #escola_focus #focus
#focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  
 #cursosdefotografia

SOBRE CONTRASTE

por em .

contraste, iluminação, variação tonal, focus escola de fotografia
Os contrastes de iluminação e a maneira como esses afetam objetos que possuem, por si próprios zonas claras e escuras nos apresentam variações tonais de que necessitamos para podermos distinguir a maior parte do que nos rodeia.

No entanto, a nossa reação às
diferenças tonais também subjetivas. Os olhos são facilmente enganados.

Um determinado tom pode parecer
claro quando o vimos perto de um fundo escuro e escuro quando está contra um
fundo mais claro, o que é um efeito conhecido por contraste simultâneo.

Tons Predominantes Pálidos

Em termos de fotográficos, uma
cena composta principalmente por tons pálidos é conhecida por high-key. Uma
pessoa de cabelos claros, vestidas de roupas claras contra um fundo claro e
iluminadas por uma luz suave e frontal, provavelmente só mostrará tons mais
escuros nos olhos e noutras pequenas áreas de sombra. O efeito é delicado,
aberto e otimista.

As paisagens repletas de
edifícios claros, paisagens de neve, ou cenas com grandes áreas de céu claro,
prestam-se para serem tratadas como high-key.

É aconselhável deixar uma pequena
área de tom escuro para impedir que a fotografia fique demasiado monótona e
para dar realce à luminosidade relativa do resto.

Devemos utilizar uma luz suave,
se possível, mais qualquer superfície refletora próxima para uma iluminação
extra.

Tons Predominantes Escuros

O efeito oposto, cenas em que a
maior parte dos tons provém das zonas mais escuras da escala, é conhecido por
low-key. Os resultados são muito mais dramáticos e podem dar uma impressão de
mistério e ambiente fechado.

Por vezes podem criar-se efeitos
de low-key fazendo com que um objeto escuro e importante, em primeiro plano,
encha em uma grande parte da imagem. Se o possível, o melhor é escolher um
fundo escuro ou até preto. Uns toques de luz em alto contraste também são, em
geral, úteis.

Aproveite para rever mais dicas sobre contrate nas suas
apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos
profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

CASAMENTOS EM HDR

por em .

casamentos HDR, Photoshop. Focus Cursos de Fotografia
A criação de imagens HDR [High Dynamic Range – Grande Amplitude Dinâmica] para um casamento é algo fácil e divertido de se fazer, e os resultados são incríveis, conforme exemplo acima

Na primeira vez que experimentei eu não tinha muitas expectativas, mas quando voltei para casa e brinquei um pouco com o Photoshop, fiquei sem palavras.

Após fotografar casamentos por 55 anos, nunca tinha visto algo que me surpreendesse tanto. Faço muitos trabalhos interessantes e vejo muitas fotos legais que outros fotógrafos criam, mas raramente uma foto é tão incrivelmente diferente das outras que qualquer bom fotógrafo seria capaz de fazer no mesmo lugar e com a mesma noiva.

Mas posso dizer sem sombra de dúvida que o HDR é diferente, é
legal, e os resultados podem transformar uma locação aparentemente comum em
algo que vai fazer você cair da cadeira.

Experimente!

Aproveite para rever mais dicas sobre a
ferramenta HDR nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de
fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#fotografiaHDR #HDR_phooshop
 #escola_focus #focus
#focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  
 #cursosdefotografia

casamentos, HDR, high dynamic range,
casamento, fácil, divertido, fotógrafos, locação, aulas fotografia, escolas de
fotografia, cursos fotografia,

amazon, Focus escola de fotografia, aulas de
fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia EAD, escola focus,
cursos de fotografia presencial SP, curso de fotografia online, cursos vips
fotografia, aula de fotografia, escolas de fotografia, mensagem
fotográfica

ASSISTENTE DE FOTÓGRAFO

por em .

assistente de fotógrafo, empregos, focus escola de fotografia
Trabalhar como assistente de um fotógrafo é um passo maior do que fazer estágio ou um trabalho voluntário em um estúdio ou uma loja de aluguel de equipamentos fotográficos

Como assistente você estará ao
lado do fotógrafo durante uma sessão de fotos (e se encarregará também de
tarefas anteriores ou posteriores à própria sessão, durante a pré e a
pós-graduação) e terá muitas responsabilidades
.

Tais responsabilidades vão desde
manusear e organizar e equipamento fotográfico até cuidar de importantes
detalhes de uma sessão de fotos.

Ao contrário de um estagiário ou
de um voluntário, o assistente é essencial para o sucesso de uma produção – sem
ele, o fotógrafo pode não ser capaz de desempenhar adequadamente seu trabalho.
Assim sendo, trata-se sempre de uma função com retribuição financeira.

Trabalhar como assistente de um
fotógrafo é a melhor maneira de aprender o jargão dessa profissão, os detalhes
do ramo, sua política interna e como funcionam os negócios na área – tudo isso
ao mesmo tempo em que se lida com clientes reais, produtores, diretores de
criação, assistentes de figurinistas.

Esse trabalho, uma espécie de
rito de passagem para muitos fotógrafos famosos, é também considerada um
excelente caminho para entrar na profissão.

Trabalhar como assistente é uma
excelente maneira de dar seus primeiros passos na busca por sua própria
carreira como fotógrafo.

Geralmente, é assim que
aspirantes a fotógrafos que querem trabalhar nesse ramo começaram – enquanto
isso, eles vão montando seu portfólio, conhecendo pessoas e aprimorando suas
habilidades técnicas.

Durante sete anos, eu trabalhei
como assistente de fotografia, na editora Abril e em outras revistas, antes de
ser capaz de me sustentar fazendo fotos em tempo integral.

Aproveite para rever mais dicas sobre estágios nas suas
apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos
profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na
FOCUS!
https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#assistente_fotógrafo #escola_focus
#focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  
 #cursosdefotografia