Blog Focus

Informações, artigos, aulas, tutoriais e novidades
sobre o mundo da fotografia

ESCOLHA A VELOCIDADE!

por em .

Escolha a velocidade, paisagens, visualmente, aumento do tempo, tempo de obturação, água, aspecto leitoso, filtro ND, DSLR, melhor filtro, fotografia escolas, amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia EAD, escola focus, cursos de fotografia presencial SP, curso de fotografia online, cursos vips fotografia, aula de fotografia, escolas de fotografia,  história do marketing

Para paisagens, quanto mais lenta a velocidade, melhor

O exemplo acima mostra visualmente como o aumento do tempo de obturação é suficiente para dar à água um aspecto leitoso.

Acoplando um filtro ND, uma exposição de 30 segundos deixa o efeito muito melhor.

ACESSÓRIOS/COMO ESCOLHER O FILTRO ND

Quatro dicas para ajuda-lo a escolher o melhor filtro para sua DSLR.

Escolha a Potência

Filtros ND têm diversas potências. O de um ponto (0,3 ou ND2) reduza a luz em 50%. O de dez pontos (ND 1000) bloqueia 99% de luz. As versões mais potentes são melhores para paisagens aquáticas.

Redondo ou Quadrado?

Filtros redondos são a melhor para os NDs, pois previnem qualquer vazamento de luz. Porém, se for usá-los em conjunto com os filtros ND grad, o quadrado pode ser uma boa opção.

Filtros ND Variáveis

Filtros ND variáveis usam dois filtros polarizadores de uma só vez. O anel frontal é girado para variar a potência do ND. Esses filtros são populares para gravar vídeos, pois permitem aberturas amplas.

Opção de Baixo Custo

Filtros ND baratos podem causar invasão de cores.

Dica: dois filtros ND podem ser usados em conjunto – NDs de dois ou três pontos um sobre o outro podem dar o efeito de seis pontos um sobre o outro podem dar efeito de seis pontos, e um filtro polarizador redondo pode bloquear dois pontos ou mais de luz.

Aproveite para rever mais dicas sobre o uso de  filtros ND nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

 Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/ 

EFEITO DESSATURADO

por em .

efeito dessaturado, saturação, dessaturação, Camera RAW. Photoshop CC,  Lightroom, controle, visual,  Vibrance, Clarity, contraste, tons médios, fotografia cursos, amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia EAD, escola focus, cursos de fotografia presencial SP, curso de fotografia online, cursos vips fotografia, aula de fotografia, escolas de fotografia,  terceira revolução do fotojornalismo

Saturação (+80) e Dessaturação (-80) de Cores no Adobe Photoshop

Isso pode ser feito no Camera RAW (plugin do Photoshop CC) ou no módulo Develop do Lightroom (são os mesmos controles deslizantes, na mesma ordem, que fazem as mesmas coisas).

Você só precisa mover três controles deslizantes para obter esse visual.

 (1) Nós dessaturamos toda a imagem arrastando o controle deslizante Vibrance para a esquerda. Eu não tenho uma quantidade fixa que arrasto todas às vezes, tudo depende da imagem.

Então, basta olhar para a tela enquanto você arrasta e, quando parecer bom para você, pare de arrastar.

(2) Aumente a quantidade de Clarity. Tecnicamente, isso acrescenta contraste aos tons médios, mas o que você vai ver é que traz texturas e detalhes e torna as coisas mais claras. Você tem de ter cuidado, porém, com a adição de claridade à pele feminina porque isso pode fazê-la parecer machucada e áspera. Se acontecer, em vez disso, use Adjustment Brush: Configure todos os outros controles deslizantes para zero e aumente a intensidade de Clarity, então basta pintar tudo, exceto a pele. Problema resolvido.

(3) Arraste o controle deslizante Contrast para direita a fim de adicionar mais contraste e aplicar mais um pouco daquele bleach bypass, ou tratamento sem branqueamento (o que também ajuda a escurecer o céu acima um pouco). Se você gosta de usar plugs-in, eis dois que tem excelentes efeitos de bleach by-pass de um clique, e que funcionam com o Photoshop, ou Lightroom;.

(1) o Macphun’s Tonality Pro Vem com um par de predefinições de bleach (Warm, Drama e Cool) que funciona muito bem.

(2) O plug-in Color Efex Pro da Google Nik Collection tem um filtro bleach by-pass que também aplica esse visual em apenas um clique.

Aproveite para rever mais dicas  sobre pós-produção de imagem, nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

 Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

EFEITOS DE LUZ

por em .

Efeitos de luz, sombra, ausência de luz, fotografia, objetos, superfície, iluminações, zonas iluminadas, padrão, cenas, continuidade, fotografia aulas, amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia EAD, escola focus, cursos de fotografia presencial SP, curso de fotografia online, cursos vips fotografia, aula de fotografia, escolas de fotografia,   terceira revolução do fotojornalismo

A sombra, que basicamente é um a ausência de luz em relação ao que rodeia, pode ser tão importante numa fotografia como a própria luz

As sombras surgem ligadas a objetos de duas maneiras principais ou são projetadas ou contidas.

As sombras projetadas caem sobre uma superfície, Afastada do próprio objetivo. As sombras contidas mantêm-se dentro dos limites da forma geral do objeto.

No entanto, e sob a maior parte das iluminações, as sombras projetadas e contidas ocorrem simultaneamente em volta de um objeto.

Dê sempre às sombras a mesma atenção que dá as zonas iluminadas. Por vezes é possível excluir um objeto formado uma sombra projetada. Também é possível mostrar a sombra de uma árvore que se encontra atrás de nós, projetada no campo a nossa frente, com os ramos formando um padrão a estender-se para o horizonte.

Se conservarmos o Sol atrás de nós, é possível incluir a nossa própria sombra em todas as cenas que fotografamos, formando estranhas associações e dando-lhes uma espécie de continuidade.

SILHUETAS

As silhuetas, com os seus contornos nítidos e bem definidos, têm uma simplicidade muito atraente. O tema comunica-se a si mesmo ao espectador apenas através da forma. Uma sombra contínua, por exemplo, faz desaparecer toda a forma, cor e textura.

Repare na força visual do contorno dos ramos de uma árvore, na forma importante de um edifício de encontro ao céu da noite.

A luz provoca silhuetas em quaisquer formas que se encontrem na sua frente. Um perfil de encontro a uma janela iluminada, ou uma figura no alto de uma colina, ocultando o próprio Sol, tornar-se formas escuras e cheias de força. Tenha cuidado ao escolher o ponto o ponto de visão, pois minúsculas modificações podem ter efeitos dramáticos.

A Exposição e as Silhuetas

Quando um tema de primeiro plano está mal iluminado em relação ao fundo, faça a exposição correta para o fundo para conseguir uma forte silhueta do tema.

Aproveite para rever mais dicas sobre efeitos de luz nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

 Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

A QUALIDADE DA LUZ

por em .

Qualidade da luz, direção, cena, sombras, contornos nítidos, contraste, zonas iluminadas, luz dura, efeitos contrastantes, dramáticos, fotografia escolas, amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia EAD, escola focus, cursos de fotografia presencial SP, curso de fotografia online, cursos vips fotografia, aula de fotografia, escolas de fotografia,  terceira revolução do fotojornalismo

A qualidade da luz combina com a sua direção, expressão do modelo e é apenas um dos muitos fatores que influenciam na cena

As sombras nem sempre tem contornos nítidos, pois por vezes são suaves e faz pouco contraste com as zonas iluminadas.

A dureza ou suavidade da luz. Uma luz dura tende a dar efeitos contrastantes e dramáticos. As sombras contribuem com linhas precisas e parte do tema fica mal definida.

Com a luz suave temos menos consciência das sombras e a forma do próprio tema impõe-se às linhas das sombras.

Com uma cuidadosa escolha de iluminação é possível criar sombras com uma qualidade apropriada para o ambiente do tema e para estrutura da fotografia.

Uma luz dura pode ser conveniente para o retrato de um homem a trabalhar com grande esforço, mas destruiria um retrato romântico de uma jovem mãe com o filho.

Aproveite para rever mais dicas sobre qualidade de iluminação nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

EFEITOS DIRECIONAIS

por em .

Efeitos direcionais, iluminação lateral, temas tridimensionais, eliminação frontal, contraste, áreas iluminadas, luz traseira, fotógrafo, fotografia cursos, amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia EAD, escola focus, cursos de fotografia presencial SP, curso de fotografia online, cursos vips fotografia, aula de fotografia, escolas de fotografia,  terceira revolução do fotojornalismo

Iluminação Lateral

A iluminação lateral dá grande relevo à profundidade dos temas tridimensionais, mas fornece muito menos pormenores e informações do que uma iluminação frontal.

Isso deve muitas vezes ao violento contraste entre áreas iluminadas e não iluminadas e ás prolongadas sombras. Quanto mais numerosas e complicadas forem formas presentes na cena, mais difícil será distinguir objetos individuais quando sob uma luz lateral forte.

Luz Traseira e Iluminação

Quando a luz provém, na sua maior parte, da traseira do tema, as sombras formam-se na direção do fotógrafo. Se todo o fundo tiver muito iluminado, um objeto opaco, em primeiro plano, aparecerá em silhueta. Os objetos revelam todos os seus contornos e ficam nítidos e negros. Porém se nos movermos em volta do tema, poderemos conseguir uma iluminação de contornos.

Luz Frontal

Numa cena iluminada pela frente, a luz tem a sua origem diretamente por detrás do fotógrafo. As sombras tendem a estender-se para trás do fotógrafo dos objetos fotografados e na sua maioria ficaram escondidos. Este tipo de iluminação enche as superfícies de luz, revelando o máximo de pormenores do tema, mas minimizando as texturas. Os objetos tridimensionais perdem quase todo seu relevo e profundidade.

Todavia, as cores ficam frequentemente mais brilhantes. A luz frontal é também uma boa maneira de tirar o máximo de brilho de uma superfície muito refletora, como vidro ou uma tinta brilhante.

Aproveite para rever mais dicas sobre tipos de iluminação nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

 Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

FILTROS DE EFEITOS ESPECIAIS

por em .

 Filtros, efeitos especiais, filtros para neblina, difusores, lentes, suportes plásticos, filtros tradicionais, pós-produção, efeito real, fotografia aulas, amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia EAD, escola focus, cursos de fotografia presencial SP, curso de fotografia online, cursos vips fotografia, aula de fotografia, escolas de fotografia,  terceira revolução do fotojornalismo

Você pode tentar usar filtros para neblina ou difusores sobre a lente – ou mesmo acoplá-los diretamente à lente ou em suportes plásticos – se não quiser esperar a névoa aparecer

Os efeitos destes filtros tradicionais – particularmente as manchas de cor e altas luzes – não podem ser facilmente reproduzidos na pós-produção, conforme exemplo acima.

Eles também não replicam um efeito real de neblina. Filtros difusores, ou de neblina, tentam simular o efeito real da névoa ou neblina, porém, pode parecer artificial.

Isto ocorre porque os filtros afetam toda a luz recebida da mesma forma, borrando todos os detalhes uniformemente, em vez de ter variações sutis como é naturalmente.

É melhor familiarizar-se com estes filtros antes de usá-los seriamente. Isto evita a perda de tempo avaliando o preview da foto: a telinha de LCD e a baixa resolução são enganosas ao mostrar imagens borradas ou suavizadas.

Nada substitui o efeito natural e atmosférico de neblina em paisagens.

Mas, de qualquer forma, é melhor familiarizar-se com estes filtros antes de usá-los seriamente.

Isto evita a perda de tempo avaliando o preview da foto: a telinha de LCD e a baixa resolução são enganosas ao mostrar imagens borradas ou suavizadas. Você visualiza uma coisa, que na realidade é outra!

Portanto, efetue alguns testes antes com sua câmera para obter melhores resultados.

Aproveite para rever mais dicas sobre filtros especiais nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

 Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/ 

COMO PROCESSAR ARQUIVOS RAW NA CÂMERA? – PARTE 2

por em .

como processar, arquivos RAW, câmera, Canon EOS 80D, edição RAW, computador, menu playback, RAW Image Processing, tela de edição, ajustar, fotografia escolas, amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia EAD, escola focus, cursos de fotografia presencial SP, curso de fotografia online, cursos vips fotografia, aula de fotografia, escolas de fotografia,  história do marketing

As câmeras Canon EOS 80D em diante permitem uma rápida edição RAW sem precisar do auxílio do computador. Experimente!

  1. Começo da Edição

Pressione o menu e navegue até o menu Playback azul. Escolha RAW Image Processing e pressione SET. Como alternativa toque no botão Q quando vir à foto RAW na parte traseira da câmera.

  1. Escolha a Imagem

Após selecionar o RAW que deseja converter para JPEG, surge a tela de edição. Acima se vê dez parâmetros que pode ajustar sobrepostos no lado esquerdo da imagem.

  1. Faça os Ajustes

Além do ajuste do brilho (similar o da compensação de exposição), é possível alterar o equilíbrio de branco, aplicar a correção de objetiva e tentar Picture Styles diferentes.

  1. Grave o JPEG

Acabou de editar? Então escolha o tamanho e a qualidade do JPEG desejado. A foto será gravada como um arquivo separado no cartão, deixando o arquivo original RAW intacto, para outras edições.

Aproveite para rever mais dicas sobre processamento em RAW, nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

 Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/ 

OPÇÕES DE FORMATOS RAW

por em .

opções, formatos RAW, diferentes tamanhos, opções disponíveis. RAW, M- RAW, S-RAW, resolução, arquivos menores, monitor LCD, Picture Style, fotografia cursos, amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia EAD, escola focus, cursos de fotografia presencial SP, curso de fotografia online, cursos vips fotografia, aula de fotografia, escolas de fotografia,  história do marketing

Como o JPEG, também é possível escolher entre diferentes tamanhos de arquivos RAW

As opções disponíveis variam conforme a câmera, mas há pelo menos três opções: RAW, M- RAW e S-RAW.

As opções M-RAW e S-RAW. As opções M- RAW e S-RAW oferecem resolução mais baixa, porém arquivos menores – M-RAWs são, mais ou menos, a metade de um RAW normal, enquanto o S-RAW fica em torno de um quarto de tamanho.

Ajustes na Câmera

Mesmo que se possa fazer vários ajustes nos arquivos RAW via Software, vale a pena garantir que a câmera esteja ajustada corretamente para obter uma boa prévia no monitor LCD.

Se você, por exemplo, planeja converter o RAW para P&B mais tarde, ajuste o Picture Style para Monochrome. A prévia da imagem ficará P&B, embora o original esteja em cores. Quando você abrir o arquivo no Digital Photo Professional, por padrão, o Picture Style da câmera estará selecionado, poupando tempo – no entanto, é possível mudar isso outro ajuste desejado.

Se você clicar em RAW e escolher a opção Mono Picture Style, poderá ver a prévia em P&B no LCD da câmera e ainda manter opção de produzir a foto em cores mais tarde.

Aproveite para rever mais dicas opções de formato RAW nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

 Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

QUANDO ESCOLHER CADA FORMATO DE ARQUIVO?

por em .

escolher, formato de arquivo, modo RAW, Jpeg, economizar, cartão de memória, ruído, editado, compartilhar imagens, arquivos RAW, programa de processamento, fotografia aulas, amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia EAD, escola focus, cursos de fotografia presencial SP, curso de fotografia online, cursos vips fotografia, aula de fotografia, escolas de fotografia,  história do marketing

Pode ser tentador escolher o modo RAW e não mudar mais para JPEG – afinal, é possível criar o JPEG mais tarde

Porém, o fato de o JPEG acelerar o disparo e economizar o cartão de memória é razão suficiente para usá-lo em algumas situações – mesmo tendo mais ruído ele é mais leve e já está editado.

Se sua intenção é compartilhar as imagens rapidamente na internet, JPEG é sua escolha imediata – porém vele lembrar que é bem fácil criar versões JPEG dos arquivos RAW usando um programa de processamento.

Opções de JPEG

Ao disparar em JPEG, é possíve3l escolher algumas opções de tamanho e qualidade. Por exemplo, em uma Rebel T4i, você pode usar o JPEG tamanho grande (L) de 18mp; médio (M) de 8mp ou pequeno (S1) de 4,5mp.

Há duas outras opções menores, mas é improvável que você as use frequentemente. O principal fator a lembrar de que arquivos maiores permitem mais espaço de manobra de corte ou de impressão em tamanhos grandes, enquanto os pequenos economizam espaço no cartão Cada um desses tamanhos JPEG principais (L, M ou S1) também estão disponíveis em dias qualidades: Fine ou Normal.

A qualidade Fine é representada por um ícone curvado e suas imagens serão levemente comprimidas. As de qualidade Normal são bem mais comprimidas, mas a menos que você dê zoom, não notará a diferença.

Há um possível aumento de “artefatos” em JPEGs que são muito comprimidas.

Aproveite para rever mais dicas sobre formatos de arquivo nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/ 

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

COMO PROCESSAR ARQUIVOS RAW NA CÂMERA – PARTE 1

por em .

Processar, arquivos RAW, câmera, câmeras DSLR, edição RAW, RAW Image Processing, tela, edição, jpeg, equilíbrio de branco, Picture Styles, fotografia escolas, amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia EAD, escola focus, cursos de fotografia presencial SP, curso de fotografia online, cursos vips fotografia, aula de fotografia, escolas de fotografia, história do marketing

Os últimos modelos de  câmeras DSLR profissionais  permitem uma rápida edição RAW sem precisar do computador

  1. Começo da Edição

Pressione o menu e navegue até o menu Playback azul. Escolha RAW Image Processing e pressione SET. Como alternativa toque no botão Q quando vir à foto RAW na parte traseira da câmera.

.2 Escolha a Imagem

Após selecionar o RAW que deseja converter para JPEG, surge a tela da edição. Acima se vê dez parâmetros que você pode ajustar sobrepostos no lado esquerdo da imagem.

  1. faça os Ajustes

Além do ajuste do brilho (similar ao da compensação de exposição), é possível alterar o equilíbrio de branco, aplicar a correção de objetiva e tentar Picture Styles ou Picture Control diferentes.

  1. Grave o JPEG

Acabou de editar? Escolha o tamanho e a qualidade do JPEG desejado. A foto será gravada como um arquivo separado do cartão, deixando o arquivo original RAW intacto.

Aproveite para rever mais dicas sobre ajustes de configuração para arquivos em RAW em sua DSLR,  nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/