Blog Focus

Informações, artigos, aulas, tutoriais e novidades
sobre o mundo da fotografia

ILUMINAÇÃO FLUORESCENTE

por em .

lâmpadas fluorescentes, focus escola de fotografia, escola focus
Fria e eficiente. Este é o nome do jogo quando se trata de lâmpadas fluorescentes

Um dispositivo desse tipo com
100 watts produzirá quase a mesma luminosidade de uma lâmpada de 400 watts de
tungstênio
.

Mesmo custando um pouco mais,
eles duram quase sempre, são mais estáveis e podem ser equilibradas para luz do
dia ou tungstênio.

Atualmente, a maioria dos
fabricantes de iluminação para estúdio oferece algum tipo de equipamento para
reunir várias lâmpadas fluorescentes como um único grupo. Elas podem ser
utilizadas dentro do softboxes e outros modeladores fechados porque geram muito
menos calor que as de tungstênio e HDMI.

Muitos fotógrafos e cinegrafistas
utilizam esquemas com luzes desse tipo em seus estúdios devido ao equilíbrio de
cor expor se mantiver frias durante os extensos períodos de uso.

ILUMINAÇÃO COM HDMI

Eu adoro as luzes HMI só por
causa do nome, Hydrargyrum médium-arc-iodide. Embora possam ser úteis em sets
de filmagem, não são práticas para estúdios fotográficos.

São muito claras, equilibradas
para a luz do dia, muito quentes e um tanto instáveis. Todavia, pratique a
pronuncia do nome. Realmente impressionará seus amigos.

LANTERNAS

Como mencionado nas aulas sobre
iluminação com LED, as lanternas são ótimas bugigangas para se ter na bolsa de
iluminação. Até mesmo uma lanterna comum de baixa potência pode ser utilizada
para fazer “light paint” (pintura com a luz) durante uma exposição mais longa,
direcionando atenção e o interesse para áreas-chave da imagem. A maioria das
lanternas de LED são claras e com equilíbrio próximo a luz do dia.

Luzes de filamento mais antigas
serão mais quentes e equilibradas para tungstênio. Refletores de emergência
maiores podem ser utilizados para efeitos dramáticos de que a iluminação, mesmo
sob a luz ambiente relativamente clara. Comprei um refletor LED recarregável da
Dorcy, na Adorama, N. York, por cerca de US$45. Indicando 500 lumens, ele gera
uma luz pontual e concentrada perfeita para um efeito estilo Hollywood.

Mesmo que você nunca utilize como
iluminação fotográfica, é bom ter um a pequena na bolsa da câmera para
encontrar aquele cartão de memória que você deixou cair à noite no caminho até
o carro.

Aproveite para rever mais dicas sobre fontes
de iluminação nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de
fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

# lâmpadas_fluorescentes #escola_focus #focus
#focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  
 #cursosdefotografia  #focusfoto.com.br

TIRE PROVEITO DA LUZ DOURADA

por em .

luz dourada, momento do dia, escola focus
Aproveite o melhor momento do dia

Desafio envolve a busca pelo
instante exato – e se você quiser dobrar suas chances, possivelmente terá que
acordar mais cedo!

As primeiras e as últimas horas
do dia conferem uma tonalidade de cor tão excepcional que pode ser difícil se
concentrar a posição e a pose de ideias.

Por outro lado, você terá uma
grande quantidade de assuntos que, em outras situações, poderiam parecer comuns
e sem apelo, mas que, banhados pela luz dourada, adquirem uma qualidade
renovada e deslumbrante – portanto, se algo inesperado chamar a sua atenção,
aja com rapidez para testar os tipos de fotografia que poderiam ser obtidos
enquanto a luz se mantém estável.

CHECKLIST DO DESAFIO

Leve um relógio ou celular com
você para controlar o tempo que o sol mantém o ângulo e para marcar seu ritmo
de trabalho.

Um tripé também pode ser útil, já
que a luz rapidamente baixa, exigindo velocidade de obturação menor.

Analise seu ângulo – você pode
usar a luz dourada como frontal, lateral ou contra luz, dependendo de onde você
posiciona em relação ao objeto.

Aproveite para rever mais dicas sobre os melhores momentos do dia nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

 #luz_dourada 
#escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  
 #cursosdefotografia  #focusfoto.com.br

ILUMINAÇÃO DIVIDIDA

por em .

iluminação, estúdio, focus cursos de fotografia, focus fotografia
Geralmente reservada para estudos de personagem e iluminações dramáticas, a iluminação dividida faz exatamente isso – divide o rosto em parte ou na sua metade

Embora ela seja, certamente,
“emagrecedora”, também é misteriosa e pode ser bruta, ampliando poros, espinhas
e marcas faciais.

É difícil confiar em alguém que
esteja devidamente iluminado; sempre parece que há algo escondido naquele lado
sombreado… como um olho biônico.

ILUMINAÇÃO BORBOLETA

Apesar de provavelmente existir
toda uma ciência em torno de como iluminar uma lepidóptera, não é sobre isso
que estamos falando. Pura e simplesmente, a iluminação borboleta é obtida
quando uma pequena sombra em forma de borboleta (se usar a imaginação) for
projetada diretamente abaixo do nariz. Quando a luz principal está exatamente
em frente e um ponto acima do rosto do modelo, a sombra surge de maneira
mágica.

Caso a fonte principal esteja
muito alta, a sombra toca os lábios e os olhos se tornam buracos negros. Isso
não é tão bom. Se estiver muito baixa, diretamente em cima da objetiva, por
exemplo, a sombra não estará presente, e as feições terão pouca forma. A
iluminação borboleta pode ser bela e dramática, mas tenderá a chapar ou
alargar, a aparência do rosto. Então a use com cuidado em rostos mais redondos.

CONTRA LUZ

Embora não seja necessariamente,
uma técnica de iluminação típica para retratos, a contra luz é um estilo
distinto que mercê seu próprio parágrafo. Quando a luz principal está atrás do
modelo, criando uma silhueta ou um brilho óbvio em torno dele, tem-se a contra
luz. Nem todos os retratos precisam de um rosto bem iluminado; ele poderia ser
um estudo de forma ou ter uma atmosfera forte, conseguidos apenas com uma
contra luz estrategicamente posicionado.

Aproveite para rever mais dicas nas sobre técnicas
de iluminação suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia
dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

 #fotografia_iluminação #escola_focus #focus
#focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  
 #cursosdefotografia  #focusfoto.com.br

BICROMIA

por em .

bicromia, Photoshop, focus escola de fotografia
Muito da arte da produção das tradicionais cópias em preto-e-branco está em tirar o máximo da limitada gama tonal dos papéis fotográficos

Uma tática comum é obter uma
gama tonal mais ampla do que existente fazendo uma cópia mais contrastada.

Assim, as sombras parecem mais
profundas, e as altas-luzes  mais
brilhantes. O sucesso desse procedimento depende das sutilezas da gradação
tonal entre esses extremos. Outra técnica é tonalizar a cópia adicionando a cor
às áreas de cinza neutro da imagem.

As modernas impressoras digitais
abriram à tonalização possibilidades 
inimagináveis no laboratório. A gama de matizes é praticamente
ilimitada, pois é possível simular tosos os matizes passiveis de ser criados com
o processo de quadricromia (ou mais).

Criando uma bicromia  

Começando com uma imagem, mesmo
colorida, primeiro transforme o arquivo em uma escala de cinza, usando, no
Photoshop, o menu image>Mode.

Esse procedimento elimina
permanentemente a informação das cores, por isso é recomendável trabalhar com
uma cópia do arquivo. Resultados semelhantes podem ser obtidos com o efeito
Sepia Tone, uma das opções de menu existente em quase todos os programas de
edição de imagem.

Já com uma imagem em escala de
cinza, você pode entrar no modo Duotone, no qual pode escolher  seguir em frente ou carregar uma das
bicromias pré-ajustadas. Se não estiver familiarizado com o processo, use o
Duotone Presets (geralmente encontrado na “pasta Presets do Photosho). Dê um
duplo clique em qualquer um deles e veja o resultado.

Um clique no quadrado colorido da
caixa de diálogo (veja a página ao lado) altera a cor da segunda “tinta”. O
vermelho brilhante pode dar um efeito de tonalização dourada: o marrom-escuro,
um matiz de sépia. Esse é um instrumento poderoso: em um instante, voc~e pode
variar os efeitos de tonalização em uma imagem sem a confusão e a despesa de
misturar substâncias químicas, como acontece no laboratório.

Ao clicar na parte inferior do
gráfico de símbolos, aparecerá uma curva que informa como a segunda tinta esta
sendo usada, e, manipulando a curva, você pode alterar seus efeitos. È
possível, por exemplo, por muita segunda tinta nas altas-luzes, e nesse caso
todos os tons superiores serão tingidos. Ou você pode criar uma curva ondulada,
para obter uma imagem que parece um tanto posterizada.

No Photoshop, é possível escolher
Previews, o que atualiza a imagem sem mudar o arquivo, permitindo que você veja
e avalie os efeitos de forma antecipada.

Tenha em mente que uma bicromia
deve provavelmente ser salva no formato do arquivo nativo (o próprio formato do
software). Isso significa que para imprimi-la você terá primeiro de convertê-la
em um arquivo-padrão RGB ou CMYK TIFF, de modo que a combinação do preto e  das 
tintas coloridas especificadas para a bicromia possa ser simulada pelas
tintas coloridas da impressora. Esse é o caso, quer você use uma impressora a
jato de tinta, quer um processo de quadricromia.    

Aproveite para rever mais
dicas sobre Photoshop nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de
fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#Photoshop #bicromia  #escola_focus
#focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite   
#cursosdefotografia

USE A LUZ DE PREENCHIMENTO

por em .

luz de preenchimento, escola focus, focus fotografia
Uma situação muito comum para quem está começando a fotografar é não saber como tirar a sombra do rosto da pessoa em retratos sob forte luz do sol ou diante de uma contraluz que torna a pessoa quase uma silhueta.

A técnica para solucionar o
problema tem nome: preenchimento de luz. E mais simples do que se imagina: até
uma prosaica placa de isopor pode acabar com uma forte sombra no rosto, pois
basta rebater a luz do sol, direcionando-a para o ponto escuro, e preenche-lo
com claridade.

O flash também é um acessório
fundamental na técnica da luz de preenchimento (que, no caso passa a se chamar
fill flash). Até o pequeno flash embutido da câmera é muito útil para eliminar
sombras ou iluminar o primeiro plano na contra luz em retratos. Alguns modelos
de flash até têm essa função prevista em seus ajustes automáticos (confira
manual de instruções da sua câmera).

O flash dedicado compacto pode
ser usado de várias formas na função de fazer o preenchimento de luz: sobre a
câmera com um rebatedor branco pequeno acoplado a ele; fora da câmera, na mão
de um ajudante (ou colocado em um tripé) para direcionar a luz; voltado
diretamente para um rebatedor redondo, que emitirá a luz; ou acoplado a uma
sombrinha difusora branca, que pode estar em um tripé ou na mão de um ajudante.

O flash como luz de preenchimento
pode ser usado de duas maneiras: a primeira é quando realmente é necessário, ou
seja, a cena tem muito contraste e a modelo está à sombra ou a contraluz. Nesse
caso, o preenchimento é feito para suavizar ou eliminar as sombras. O outro
caso é quando o flash não é necessário e então fotógrafo “força” uma situação
para ter uma imagem dramaticamente diferenciada. Nesse caso, o ajuste do flash
deve ficar 1 ou ½ ponto abaixo da luz ambiente.

LEMBRE-SE!

O preenchimento com luz e a
técnica usada para eliminar sombras no primeiro plano quando a pessoa está
contra luz solar

Uma simples placa de isopor pode
ser usada como um rebatedor pra direcionar a luz e acabar com as sombras.

Pode-se utilizar o flash em
várias situações como uma luz e preenchimento, seja sobre a câmera com
rebatedor branco acoplado, fora dela ou voltado para um rebatedor redondo que
refletirá a luz por ele emitida.

O flash de preenchimento pode ser
um recurso contra sombras e alto contraste ou para dramatizar a imagem.

Aproveite para rever mais dicas sobre luz de preenchimento nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#luz_preenchimento  #escola_focus #focus
#focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  
 #cursosdefotografia  #focusfoto.com.br

DISPARADORES INFRAVERMELHOS

por em .

flash, disparadores, focus escola de fotografia
O disparador infravermelho é uma alternativa para disparar escravos óticos com o flash na câmera

Embora não possamos ver o
sinal infravermelho, os escravos óticos podem
.

Se você já tem um escravo ótico e
um adaptador de sapata, um disparador infravermelho pode ser uma maneira barata
de começar com flash sem fio. Outra vantagem, quando comparado com disparo de
escravos óticos por meio de um Speedlite montado em uma câmera, é que o
disparador infravermelho elimina a luz do flash na câmera.

As duas vantagens do
infravermelho são que o infravermelho não funciona bem ao ar livre com muito
Sol e que o infravermelho tem um alcance limitado, aproximadamente 5 a 10
metros. Ao menos os disparadores infravermelhos são relativamente, baratos,
quando comparados com o custo de disparadores a rádio.

Ao contrário do sistema sem fio
da Canon, que depende de uma série e pulsos para enviar instruções detalhadas
para os escravos, um disparador infravermelho envia um único pulso que diz
basicamente “dispare agora”! Por isso, você não pode usar um disparador
infravermelho para se comunicar cm Speedlites Canon.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia
infravermelha nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de
fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#disparador_infravermelho #escola_focus
#focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  
 #cursosdefotografia  #focusfoto.com.br

FLASH E-TTL CONFUNDE ESCRAVOS ÓTICOS

por em .

speedlite E-TTL, escola focus, focus fotografia
Há ressalvas no uso dos escravos óticos com Speedlites Canon

A primeira é que há menores
que você use um escravo digital especial terá que operar seus Speedlites no
modo Manual. Isto acontece porque os escravos óticos não pensam.

Eles apenas conectam o circulo e
acionam o flash quando uma explosão de luz acontece. Quando se está
fotografando em E-TTL com redução de olhos vermelhos ativada, há um pré- flash
antes da exposição real. O pré-flash faz com que o escravo ótico acione o
Speedlite prematuramente. Todos os flashes Canon pop-up sempre emite um
pré-flash, exceto o da 7D quando está em modo flash Manual.

OS SPEEDLITES DA CANON PRECISAM DE UM ESCRAVO ÓTICO ESPECIAL

A outra questão tem a ver com a
tensão dos Speedlites Canon. Um escravo ótico obtém sua energia a partir do
Speedlite ao invés de uma bateria. Com os Speedlites Canon há uma
particularidade, a tensão cai muito pouco após a exposição do flash para
liberar o circuito escravo típico. Resumindo, o escravo pensa que o Speedlite
ainda está disparando. Com escravos óticos comuns, o resultado é que eles vão
disparar um Speedlite uma vez depois de travar. Felizmente, há um escravo ótico
com um circuito extra que é feito especialmente para Speedlites Canon. E, ainda
melhor, essa tecnologia não é cara.

ESCRAVOS ÓTICOS DA SONY COMPATÍVEIS COM CANON EX: PENSE VERDE

A Sonia é uma fabricante líder em
escravos óticos. Como Canonistas, nosso segredo é comprar os verdes. As versões
padrão amarelo e laranja não são para nós. O segredo para os escravos verdes é
que ele tem um circuito adicional que os torna compatíveis com o ciclo de
potência dos Speedlites Canon.

A Sony oferece escravos
compatíveis com a Canon EX tanto em mono minifhone, quanto em PC-macho.

O PC-macho pode ser conectado
diretamente à tomada PC em um 580EX ll ou em adaptadores e sapata com portas
PC-fêmea. A versão mono minifhone pode ser usada com qualquer adaptador de
sapata que tenhas um conector minifhone. O Flash Zebra é a melhor fonte que
encontrei para os escravos óticos verdes da Sony.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia com flash E-TTL nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#flash_ttl  #escola_focus #focus
#focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  
 #cursosdefotografia  #focusfoto.com.br

ESCRAVOS ÓTICOS

por em .

escravos óticos, escola focus, focus escola de fotografia
Um escravo ótico e um olho eletrônico que dispara um Speedlite quando vir uma grande explosão de luz

Uma vez que um escravo óptico
literalmente funciona à velocidade da luz, ele dispara uma Speedlite na câmera
disparada.

Prós

+ É possível misturar Speedlites
e outros flashes;

+ Relativamente mais barato;

+ Evita os cabos fiquem dentro do
enquadramento;

+ Permite que o Speedlite seja
ocultado na cena;

+ Não são necessárias pilhas.

Contras

– A maioria dos escravos óticos não são compatíveis com a Canon;

– O alcance se limita em cerca de
10 metros;

– O campo de visão deve ser claro
entre o flash/disparador na câmera e o escravo;

– Pode ser disparado por outras
câmeras próximas.

ESCRAVOS ÓTICOS

O DISPARO QUE ACIONA O ESCRAVO
ÓPTICO PODE VIR DE UM FLASH, DE UM
Speedlite ou de um disparador
infravermelho montado na sua câmera. Assim considere o escravo óptico um
receptor e o flash, o Speedlite ou o disparador infravermelho, como um
transmissor.

Um escravo óptico é uma forma
barata de disparar um Speedlite fora da câmera quando se quer evitar o incômodo
com cabos e conexões. Eles também são úteis quando se quer disparar flashes
Canon ou de outras marcas ao mesmo tempo.

Tenha em mente, porém que um
escravo óptico só ira disparar um Speedlite. Ele não definirá o nível de
potência. Por isso, você terá quer fotografar no modo manual, ao invés do modo
E-TTL. Para E-TTL, você pode usar o sistema embutido sem fio da Canon.

Se tiver um 600EX RT, você pode conectar um escravo óptico com um conector PC de sincronismo macho diretamente ao Speedlite. Para o restante deles, você terá que acoplar o escravo óptico a um adaptador de sapata de flash.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia com flash
nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos
profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#speedlite #escola_focus
#focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  
 #cursosdefotografia  #focusfoto.com.br

CÂMERA PINHOLE

por em .

pinhole camera, camera de orificio, escola focus, cursos de fotografia
Câmera de Orifício

Problema:

Você deseja criar uma característica imagem de aparência
antiga, usando, se possível, uma DSLR. Utilize de preferência, o mínimo de
equipamento especializado e nenhuma pós-produção para obter o resultado.

Análise:

A melhor forma de obter fotos de aparência antiga é usar as
antigas técnicas tradicionais. É útil ter uma câmera que fotografe em P&B,
ou mesmo em tons de sépia, para eliminar completamente a necessidade de
pós-produção.

Solução:

Transforme a sua DSLR em uma câmera pinhole; faça um furo em
uma tampa, fixe um pedaço de papel alumínio sobre esse furo e use uma agulha
para perfurar um pequeno orifício de 0,3mm de diâmetro no alumínio.

Depois, ajuste a câmera para P&B ou sépia, se estiver disponível,
e faça algumas fotos de teste (se necessário, use outra folha de alumínio com
um novo furo e tente novamente)

Mas, não deixe de experimentar!

Aproveite para rever mais dicas sobre câmera de orifício nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#camera_pinhole  #escola_focus #focus
#focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite   
#cursosdefotografia

BRINQUE COM ACESSÓRIOS DE CENA

por em .

babybor, focus escola de fotografia, focus fotografia, fotógrafo profissional
Pietro 11 dias – Babyborn, foto de Daniel Valente, fotógrafo profissional, ex- aluno da Escola focus

Você não
precisa utilizar acessórios de cena, mas eles podem ser divertidos de se
experimentar, principalmente se tiverem algum significado ou transmitirem uma
mensagem.

Mantas,
bichos de pelúcia, brinquedos favoritos, flores, ovos de páscoa e papeis de presente
são apenas algumas de muitas opções.

E os
acessórios não precisam ser objetos inanimados. Bichos de estimação amistosos e
até mesmo outros bebês pode m deixar a sessão muito mais interessante. Apenas
lembre-se de que acessórios precisa ser mostrado de forma natural com o bebê ou
parecerá forçado.

Utilize luz suave

Todo mundo
sabe que bebês são criaturas delicadas e suaves, mas você sabia que a luz
delicada e suave pode resultar em lindas imagens de bebê? A luz suave é
atraente para praticamente todos os modelos, especialmente um bebê.

A luz dura e
forte produzida pelo flash da câmera ou sob o sol aberto do meio-dia chapa as
formas e os contornos de rosto do bebê, projetando sombras duras e eliminando a
luz e ambiente da cena. Então, como você encontra ou cria a luz mais eficaz
para suas fotografias?

Você pode
obter uma cena lindamente iluminada segundo as sugestões descritas nas seções
seguintes.

Aproveite para rever mais dicas  sobre fotografia de babyborn nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#bebê  #babyborn #luz 
#escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite   
#cursosdefotografia