COLETIVOS ON-LINE

em Artigos e Entrevistas, Dicas & Tutoriais.

fotografia de rua, focus escola de fotografia, focus cursos de fotografia, focus fotografia, focus aulas de fotografia
“Sua própria fotografia nunca é suficiente”. Foto: “No ônibus” de Nick Turpin

Todo fotógrafo que perdurou
também dependeu das fotos de outras pessoas – fotografias que podem ser
públicas ou privadas, sérias ou engraçadas, mas que toda forma trazem a ideia
de comunidade.

Isso foi escrito em 1994, pouco
antes de a internet inicialmente tomar planeta, e, por isso mesmo, a palavra
“comunidade” é ainda mais relevante. Sempre houve grupos de fotógrafos que
podem ser apenas amigos, mas às vezes esses grupos vão, além disso.

 Não há força nos números e grupos que dão
suporte, mas fundamentalmente eles se tornam um foco ou mesmo um movimento. Em
resumo, eles se tornam importantes, o que não necessariamente era a intenção
inicial, mas grupos de escola de fotografia, à medida que se tornaram
conhecidos, e agora, coletivos on-line, definem atitudes e influenciam
mudanças.

Nick Turpin, publicitário e
fotógrafo editorial bem sucedido em Londres, formam o In-Public em 2000 com o
desejo de reunir fotógrafos com ideais semelhantes. O In-Public foi anunciado
como “o lar da fotografia de rua” e rapidamente reuniu um núcleo de fotógrafos
de rua empenhados em Londres, Nova York e Austrália.

O coletivo incipiente tinha
energia bruta, mas seu destino estava realmente ligado à internet: à medida que
a nova mídia começava a entrar na vida das pessoas, o In-Public incorporou mais
fotógrafos em todo o mundo.

Ele tornou-se tanto um ponto de
referência como uma fonte de espiração. O primeiro gênero, ele inevitavelmente
gerou imitadores em um espirito semelhante.

Ser o primeiro em alguma coisa
não necessariamente significa ser o melhor, mas o In-Public sem dúvida tem um
núcleo de fotógrafos talentosos e definitivos.

O grupo teve impacto imensurável
que continua a influenciar, e Turpin merece o crédito por iniciar essa
plataforma e galeria vitais para a fotografia de rua.

Embora o In-Public agora tenha 22 membros em todo o mundo, ele não tem um sistema cuidadosamente pensado para recrutar novos membros. O processo sempre foi aleatório e orgânico, o que re3flete a natureza da fotografia de rua.

Certamente uma responsabilidade adquirida repousa sobre seus ombros, mas eles permanecem no cerne de um grupo de fotógrafos de rua com ideias afins que testemunharam um aumento enorme de popularidade naquilo que fazem.

Richard Bram, é um desses membros, assim como Andy Morley-Hall. A captura de Morley-Hall é uma de suas mais duradouras; cadetes de aeronáutica no Berkeley Square em Londres apresentam uma cena muito surreal. O que aconteceu? De quem é a culpa? Morley-Hall, um membro de longa data do coletivo In-Plublic, agora atua na Nova Zelândia.

Street Photographers é outro
coletivo mais recente que já tem um grande número de seguidores, especialmente
no Facebook.

“O Street Photographers é um coletivo internacional de fotógrafos,
cujos membros levam avante a tradição da fotografia de rua. Eles capturam
momentos verdadeiros, interpretam a
vida
em torno deles e desafiam a nossa percepção do mundo. O coletivo também tem
como objetivos valorizar e levar a fotografia de rua para um público amplo. Ele
faz isso por meio de fóruns públicos, exposições e publicações. Eles acreditam
que seus esforços podem inspirar um interesse crescente no0 gênero e incentivar
o desenvolvimento de fotógrafos emergentes.”

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia de rua nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO E INOVAÇÃO:

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#dicas_fotografia #escola_focus
#focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite   
#cursosdefotografia   

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 12/03/2019)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)