Dickey Chapelle: a primeira fotógrafa de guerra americana a morrer em combate

em Artigos e Entrevistas, Dicas & Tutoriais, dicas de fotografia.

Aulas de fotografia profissional, aulas de fotografia para iniciantes, curso fotografia principiantes, curso de fotografia para iniciantes, focus foto, focus, maiores fotógrafos da história, Google My Business,       Dickey Chapelle, fotógrafa de guerra, penicilina, câmera Minox, Iwo Jima, Guerra, recém-formada, ajuda humanitária, eventos hstóricos, Guerra do Vietam,  Associated Press, eventos históricos,  Fotografia, (11) 3107 2219,    Fotografe melhor,  focus fotografia, curso fotografia, cursos fotografia moema,   curso intensivo de fotografia sp, curso de fotografia online, curso de fotografia, curso fotografia, focus escola de fotografia, fotos eróticas, direito autoral, melhores aulas de fotografia do mundo, cursos fotografia sp, aulas de fotografia online, cursos de fotografia pinheiros sp, cursos de fotografia Tatuapé sp, mercado fotográfico,    aulas de fotografia, aula de fotografia sp, focus escola de fotografia, vaga fotografo, focus fotografia , cursos de fotografia online, ana paula maciel nua,  cursos de fotografia, fiona walker, curso de fotografia, escolas de fotografia sp, curso focus, focus foto, cursos vips de fotografia, fotografia curso, cursos fotografia de moda, curso fotografia publiciária, curso de fotografia de produtos, curso foto moda, curso fotografia para books, curso de fotografia de moda, curso fotografia moda e beleza, cursos de fotojornalismo, novas tecnologias da imagem, curso fotografia portrait, câmera, cursos de photoshop, cursos de fotojornalismo, cursos fotografia casamentos, cursos fotografia de moda,   Cursos de fotografia zona leste sp, cursos de fotografia zona sul sp, cursos de fotografia zona oeste sp, cursos de fotografia em santos, cursos de fotografia online, escola de fotografia, fotografia, escola focus, cursos de fotografia zona central sp,  cursos de fotografia ABC sp,  fotografias, escola focus, cursos de fotografia Vila Mariana SP, Cursos de Fotografia Vila Madalena SP, focus escola de fotografia reclame aqui, escolas profissionalizantes de fotografia,   cursos de fotografia ABC sp, cursos de fotografia zona norte sp, cursos de fotografia zona central sp, cursos de fotografia centro São Paulo sp,     curso profissional de jornalismo, focus escola de fotografia, curso tecnico de fotografia em sp, escola de fotografia, curso de fotografia sp,  preços dos cursos de fotografia,  curso profissionalizante de fotografia em sp, cursos profissionalizantes de fotografia em sp, cursos profissionalizantes de fotografia em sp, escola focus foto, focus fotografia, aulas de fotografia profissional, aulas cursos online de fotografia, escolas profissionalizantes de fotografia, escola de fotografia, escolas de fotografia,  cursos técnicos de fotografia, curso profissionalizante de fotografia em sp, cursos profissionalizantes de fotografia em sp, fotógrafo, quanto vale o seu trabalho,    cursos de fotografia em sp, escola focus, Melhores cursos de fotografia sp,  melhores escolas de fotografia sp,  melhor curso de fotografia Brasil,  aprenda fotografia, curso de fotografia sp,  escola focus, focus fotografia, enio leite, cursos de fotografia zona leste sp,, cursos de fotografia em sp , focus escola de fotografia, curso de fotografia sp , melhores escolas de fotografia  do Brasil,  cursos fotografia online, fotografia curso sp, curso de photoshop, melhor curso de fotografia sp, cursos de fotografia focus,   melhores escolas de fotografia do mundo, curso de fotografia em sp, curso de fotografia digital, cursos de fotografia zona sul sp  melhores escolas de fotografia zona oeste sp,  melhor curso de fotografia do Brasil,  focus foto , aulas de fotografia,       cursos fotografia São Paulo, escola de fotografia sp,   fotografia focus são Paulo,   curso fotografia são Paulo, curso de fotografia sp, curso de fotografia,

Esta era a fotografia favorita de Dickey Chapelle trabalhando, tirada em Milwaukee em 1985 pelo Marine Master Sgt. Lew Lowery, que também fotografou o primeiro hasteamento da bandeira Americana no Monte Suribachi em Iwo Jima. (Imagens Históricas de Wisconsin)

Ligia Ribeiro

Em 6 de dezembro de 1956, após a meia-noite, três figuras atravessavam cuidadosamente um campo coberto pela geada na Áustria. Guiados por uma bússola e carregados com um milhão de dólares em penicilina, eles estavam em missão humanitária levando ajuda a refugiados húngaros. Mas a pessoa do meio – com seus poucos 1,52 m de altura – tinha um propósito adicional.

E por ele, ela carregava uma câmera Minox, presa ao corpo por esparadrapo sob sua camisa e seu casaco de lã. A mulher era Dickey Chapelle, uma fotojornalista em missão para a revista Life. Momentos depois, o homem na frente murmurou, “Estou perdido”, e um fogo inimigo apagou a Ursa Maior do céu.

Uma metralhadora e três rifles os cercaram, capturando a fotógrafa e seus companheiros. Chapelle terminou sob custódia da polícia secreta húngara e ficou presa por dois meses, a maior parte do tempo na solitária. Embora abalada pelo incidente, a linha de frente estava em seu sangue. ]

No mesmo ano ela voltou a trabalhar fotografando rebeldes argelinos e no ano seguinte, Fidel Castro. Aos 23 anos Chapelle teve seu primeiro gosto da guerra, ao cobrir um treinamento do exército do Panamá para a revista Look. Ela passou a maior parte da sua carreira fotografando eventos históricos, da batalha de Iwo Jima à Guerra do Vietnã.

Entre as guerras, Chapelle e seu marido Tony atravessaram o Oriente Médio e a Ásia com a recém-formada agência de ajuda humanitária. AVISO (American Voluntary Information Services Overseas) – Serviço Voluntário Americano de Informações no Exterior – Eles viveram e trabalharam em uma pequena caminhonete por cinco anos.

Você pode fazer qualquer coisa que você queira fazer, se você quiser muito fazê-lo, irá desistir de qualquer outra coisa para isso.” Disse ela em sua biografia “Fire in the Wind” (Fogo no Vento). Por fim, ela deu tudo o que tinha – incluindo sua vida. Em sua última viagem ao Vietnã, Chapelle estava com uma patrulha quando um fuzileiro naval detonou uma mina que atirou estilhaços por todo lado. Um dos fragmentos cortou a artéria carótida de Chapelle.

Em uma inversão de papéis, a mulher por trás da câmera, tornou-se a fotografia. O fotógrafo Henri Huet, da Associated Press, fotografou o Capelão John MacNamara enquanto ele fazia o sinal da cruz sobre o corpo curvado de Chapelle. Seu brinco de pérola inconfundível alinhado ao lóbulo de sua orelha.

Seu chapéu fora arremessado na grama. Alguns Mariners, uns mais próximos que outros, provavelmente sem saber se ela gostaria de privacidade ou conforto, presenciaram seus momentos finais. Mas, sabia-se com certeza, que ela morreu fazendo o que havia nascido para fazer.

Fonte: http://goo.gl/RvnGz8  

FOCUS Escola de Fotografia – Desde 1975: http://focusfoto.com.br 
Conheça os cursos da Focus: 
http://focusfoto.com.br/cursos/ 
Fale com a Focus: 
cursos@focusfoto.com.br 
Veja  Ultimas Noticias sobre Fotografia: 
http://focusfoto.com.br/blogs/  

Seja fotografo regulamentado. Obtenha seu registro Mtb de fotografo profissional
Registro Profissional: Respeito & Cidadania
“Faça bem feito, faça Focus! – 1975 – 2016 = 41 anos”

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 12/03/2019)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)