DOIS ESQUEMAS, PARA EXEMPLO

em Uncategorized.

Esquemas, exemplo, vídeo reportagem, filmagem, cenários, cozinha, pessoas, passeio, carro, set, ruído, luzes, escolas de fotografia, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia, escolas de fotografia, escola focus, melhor escola de fotografia, curso de fotografia profissional, aula de fotografia, curso fotografia, melhores escolas de fotografia

Vá ao local onde você irá a vídeo reportagem. Se possível, vá no mesmo horário do dia em que você fará a filmagem, para ter condições similares

Estaremos utilizando os seguintes cenários como exemplos:

  • Uma cozinha com três pessoas, duas na mesa e uma cozinhando;
  • Um passeio de carro na rodovia com duas pessoas, ambas nos assentos da frente.

Vá à cozinha ou ao set no qual será construída a cozinha, sente-se, feche os olhos e, assim como em nosso exemplo anterior, escute cuidadosamente. O que você ouve? O que poderia ser um problema? Ar condicionado? Compressor do refrigerador? O ruído das luzes fluorescentes? Tráfego externo?

Haverá pessoas nos andares superiores e inferiores que poderão estar caminhando? Há muitas superfícies reflexivas que podem produzir ecos estranhos? Piso duro ou carpete? Tente pensar em tudo que possa interferir com o registro silencioso do som e tente eliminá-los. É possível desligar o refrigerador, o ar condicionado e as lâmpadas barulhentas? Você pode pendurar mantas para emudecer o eco? Se houver pisos duros, considere a possibilidade dos atores e membros   da equipe tirarem os calçados e caminharem de meia.

Para este cenário, se você for filmar principalmente close-ups, é possível registrar duas faixas de áudio. Poderíamos utilizar um microfone boom para cobrir o diálogo na mesa e, ao mesmo tempo, um momento no ar para registrar a ação ambiente.

Poderíamos tentar filmar primeiro todo o diálogo que acontece entre os atores na mesa. Posicione o boom entre os atores, um pouco acima e à frente deles. Deste modo, tudo o que você precisa fazer é girar o microfone para frente e para trás, enquanto cada ator declara seu texto. Somente depois de capturar toda a interação entre os dois atores na mesa é que você deve mover o microfone boom e filmar as linhas do ator que está cozinhando. Lembre-se de combinar a situação do ator com a voz. O close-ups visual soa corretamente se você utilizar um microfone próximo, mas e se o ator estiver distante no plano de fundo? Considere a utilização de microfone na sala para capturar seu diálogo.

Ele parecerá mais distante, então você irá querer o som mais distante da câmera . Há algo cozinhando no forno ou no fogão? Considere a opção de gravar trilhas diferentes para os sons adicionais da cena, vapor de panela, água fervendo ou torradeiras estalando, mais tarde. Isto mantém as trilhas do diálogo mais silenciosas.

A propósito, este esquema é apenas uma sugestão. Existem tantas formas diferentes de se registrar uma cena quanto há engenheiros de gravação. Por exemplo, digamos que você vá utilizar principalmente tomadas amplas, mostrando todos os três atores e uma boa parte da cozinha.

Neste caso, utilizaríamos três lavalieres para os atores e um microfone omnidirecional escondido atrás da luz, no teto, para capturar o diálogo soando no ambiente. Lembre-se, se você seguir este caminho, será necessário ter um equipamento capaz de registrar quatro pistas de áudio separadas ao mesmo tempo.

Certo, vamos dar uma olhada no cenário do carro. Cenas em automóveis são muito difíceis de capturar, pois os carros são realmente barulhentos e produzem os piores tipos de ruídos. O atrito com a estrada, tráfego, som do motor, vento.  Se você tiver um bom orçamento , consiga um reboque e filme a cena com o carro sendo levado por ele. Isto elimina muitos problemas. Se você tiver um reboque grande o suficiente, a equipe de câmera também pode pegar carona nele para filmar a cena.

Remova os painéis das portas e forre-as com mantas acústicas. Pendure toalhas nas janelas. Regule o carro e verifique  o redutor de ruído. A ignição do carro pode causar interferência no som e aparelhos eletrônicos, então verifique isto antecipadamente. Gostamos de suspender dois lavalieres nos par-sóis, fora do enquadramento. Pendurá-los com arames ajuda a isolá-lo do ruído do carro. Existem outras boas opções:

  • O carro precisa estar em movimento? Como mencionamos, se não estiver em movimento, ele produz muito menos ruído;
  • É possível filmar o passeio com tela verde?

Aproveite para rever mais dicas sobre vídeo, nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: G1 - 12/03/2020)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)