“E FEZ-SE A LUZ”

em Uncategorized.

E fez-se a luz, projetos físicos, virtuais, website, No olhar, produção fotográfica, Francisco Proner Ramos, visibilidade notória, aulas de fotografia, Amazon, Aulas de fotografia, escola focus sp, Curso de fotografia, focus fotografia, registro Mtb fotógrafo profissional, escolas de fotografia, aula de fotografia, focus fotografia

A segunda temporada de “No Olhar” possui 24 episódios

O tempo Magazine/Lorena K. Martins

Recentemente, o fotógrafo Francisco Proner Ramos, 18, ganhou visibilidade notória na mídia.

O motivo é justificável. Ele é o autor da imagem do dia da prisão do ex-presidente Lula que ganhou espaço na edição impressa do jornal “The New York Times” e, claro, viralizou nas redes sociais. Por lá, ela foi compartilhada com os devidos créditos que direcionaram, com um simples toque na tela, para seu perfil pessoal no Instagram.

Outros tantos profissionais por trás de muitas fotografias emblemáticas, clicadas em tempos mais singelos – tecnologicamente falando –, talvez não tenham ganhado tanta repercussão imediata como os da atualidade. É para revelar as influências e as histórias por trás dessas imagens que projetos como a websérie

“No Olhar” surgem para valorizar, de forma mais apurada, a linguagem da fotografia. Ela exibe semanalmente episódios com depoimentos dos principais fotógrafos do Brasil e, assim, vai se transformando em um dos principais acervos da memória da fotografia nacional. Detalhe: online e sem custo, pelo YouTube.

“A ideia surgiu quando observamos uma carência de conteúdo audiovisual que falasse mais sobre a fotografia como linguagem. Encontramos muitos vídeos que falam sobre técnica, e nossa proposta é justamente o contrário: abordar conteúdos como conceito, trajetórias bem-sucedidas e olhares inspiradores”, descreve Tiago Ferraz, diretor do projeto.

Ele ainda deixa claro que disponibilizar o acervo online convida quem assiste a ter uma leitura mais apurada sobre a fotografia profissional. “Acredito que as plataformas vieram para somar com a fotografia, a possibilidade de novos bons talentos surgirem aumentou, assim como a disputa”, destaca.

O primeiro episódio foi ao ar em dezembro de 2014, com a entrevista de Sebastião Salgado. Esta segunda temporada tem 24 episódios e termina no mês que vem. O vídeo que vai ao ar hoje, pelo canal youtube.com/noolhartv, será o da entrevista com o fotógrafo Pedro Vasquez, que também foi um dos criadores da Funarte.

Novos formatos. Projetos como a websérie são exemplos de ferramentas de valorização da fotografia profissional – neste caso, também o que há por trás dela. Mesmo com olhares sobre a prática da fotografia diante das novas tecnologias, outras iniciativas, como o Festival de Fotografia de Tiradentes, criado em 2011 como um desmembramento do projeto Foto em Pauta, mostram a diversidade na hora de fotografar.

“O que fazemos é incentivar essa produção fotográfica como um todo, mostrando novos e jovens autores e facilitando a circulação deles em vários meios. Mas acho positivo a fotografia de celular, que está no bolso de todo mundo. Não vejo como uma banalização”, acredita o organizador Eugênio Sávio. Ele ainda planeja, para as próximas edições, projetos que envolvam, inclusive, a plataforma do Instagram.

Bruno Vilela, coidelizador e diretor do Festival Internacional de Fotografia de Belo Horizonte (FIF), que acontece a cada dois anos – o próximo ocorrerá em 2019 –, também acredita que o pensamento fotográfico vai além da técnica.

“A fotografia tem que contar uma história. Isso é muito legal, porque é uma forma de pensar e construir narrativas e pensamentos. O que temos que fazer é pensar sobre a imagem que estamos produzindo e circulando”, destaca ele, que prepara, ao lado do também diretor Guilherme Cunha, o lançamento do livro de imagens dos participantes de mais de 18 países das edições passadas do FIF.

Veja +: https://goo.gl/HJVjBT 

FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA: https://focusfoto.com.br

Conheça os novos cursos da Focus: http://focusfoto.com.br/cursos/
Confira opinião de Ex-Alunos: https://goo.gl/yRlkM9
Fale com a Focus: [email protected]
Veja TCC de Alunos: https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO SELECIONADOS PRODUZIDOS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO MTB DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 300 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO MTB DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo NOS CURSOS DA FOCUS, em menos de 4 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO MTB DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 43 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Reuters - 17/11/2017)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)