EU FOTOGRAFO, TU FOTOGRAFAS, ELE FOTOGRAFA…

em Artigos e Entrevistas, Dicas & Tutoriais.

:,    fotografia, (11) 3107 2219, focus,  Fotógrafo de casamento, Instagram, Snapchat, smartphones, aplicativo, indústria da fotografia, vício de fotografar, profissionais, ferramenta para trabalhar, rede social, banalização da fotografia, meio de comunicação, propósito primordial da fotografia, Apple, Sony, LG,  Samsung, câmeras potentes, selfistas, Fotografe melhor,  focus fotografia, curso fotografia, cursos fotografia moema,   curso intensivo de fotografia sp, curso de fotografia online, curso de fotografia, curso fotografia, focus escola de fotografia,  direito autoral, melhores escolas de fotografia do mundo, cursos fotografia sp, aulas de fotografia online, melhores cursos de fotografia pinheiros sp, melhores cursos de fotografia Tatuapé sp, melhores cursos de fotografia do mundo, aulas de fotografias,  curso intensivo de fotografia, sp, diane arbus, curso intensivo de fotografia sp, aulas de fotografia sp, aula de fotografia,  aulas de fotografia online, curso intensivo de fotografia sp, vaga fotografo,   escola focus de fotografia, cursos de fotografia, focus fotografia,  curso de fotografia, vaga de fotografo, focus foto, cursos de fotografia, focus escola de fotografia, cursos de fotojornalismo, cursos de fotografia online, vaga fotografo, curso de fotografia,  Cursos de fotografia zona leste sp, cursos de fotografia zona sul sp, cursos de fotografia zona oeste sp, cursos de fotografia em santos, cursos de fotografia zona central sp, cursos de fotografia vila mariana sp, cursos de fotografia vila Madalena sp, escolas profissionalizantes de fotografia, cursos de fotografia ABC paulista, cursos de fotografia Cotia, curso fotografia sp, cursos de fotografia grande abc paulista, cursos de fotografia em São Paulo, focus fotografia, , escola de fotografia, fotografia, curso profissional de jornalismo, cursos técnicos de fotografia, curso profissionalizante de fotografia em sp, cursos profissionalizantes de fotografia em sp,, curso de fotografia sp, curso de fotografia, focus, fotografia, escola focus, aulas de fotografia sp, aulas cursos online de fotografia, aulas cursos vips de fotografia, cursos de fotografia online,

Com milhões de usuários, Instagram e Snapchat são apps que movimentam os donos de smartphones que adoram fotografar – Arte: Mateus Mognon

Por Mateus Mognon
Há 10 anos, tirar uma foto exigia uma câmera potente com um rolo de filme, tempo e produtos químicos para revelar as imagens.

Hoje só é necessário ter um smartphone e um aplicativo, que normalmente pode ser baixado de graça. A facilidade de fotografar e o crescimento de apps totalmente voltados para o compartilhamento de imagens estão mudando o significado dessa prática e transformando a indústria da fotografia.

Uma das ferramentas que mais ajudaram a espalhar o vício de fotografar é o Instagram, app lançado em 2010 que já tem mais de 300 milhões de usuários e um valor de mercado de 33 billhões de dólares.

O aplicativo é totalmente voltado para fotografias e faz tanto sucesso que até mesmo profissionais estão utilizando a ferramenta para trabalhar. O fotógrafo de casamentos Guilherme Antunes usa o Instagram há três anos e acha que a rede social é um ótimo jeito para divulgar seus trabalhos.

“No começo eu não sabia direito o que fazer, porque era tudo muito novo. Agora eu seleciono as melhores fotos de cada álbum e posto no Instagram, e os clientes gostam. Antes, o álbum de casamento era algo mais privado, mas agora as noivas gostam de compartilhar suas fotos com todo o mundo”.

Apesar do grande número de usuários do Instagram e da facilidade que os donos de smartphone têm para fotografar, Antunes pensa que isso é positivo para a profissão de fotógrafo. “O que ocorreu nos últimos tempos foi uma banalização da fotografia. Todo mundo pode fotografar, mas nem todos são bons. Com isso, os fotógrafos profissionais se destacam em meio a tantas imagens.

Trabalho com fotos há 13 anos e a técnica e preparo na hora de capturar a imagem faz uma diferença. O fotógrafo profissional consegue fazer algo diferenciado, consegue capturar o sentimento do momento”. Outro aplicativo que está totalmente ligado ao fenômeno que alguns chamam de “banalização da fotografia” é o Snapchat.

Com um público predominantemente jovem, o app utiliza as imagens como principal meio de comunicação e também possui uma regra básica que acaba com o propósito primordial da fotografia: guardar momentos. No Snapchat, todas as imagens postadas somem após serem visualizadas ou após 24 horas no ar.

Por causa disso, o número de fotos circulando dentro do app é enorme. Segundo uma pesquisa do site PhotoWorld, mais de 8700 imagens são compartilhadas a cada segundo dentro do Snapchat.

Essas mudanças na fotografia estão ligadas ao desenvolvimento tecnológico dos celulares e, também, à vontade das pessoas de fotografarem. Apenas no Brasil, já existem 154 milhões de smartphones, telefones inteligentes que possuem acesso à internet e são carregados de ferramentas.

Nos últimos 10 anos, as fabricantes de começaram a investir pesado nas câmeras dos dispositivos móveis. Empresas como a Apple, Sony, LG e Samsung começaram a desenvolver câmeras potentes e já lançaram celulares com sensores de até 20 megapixels, o que gerou esse crescimento na prática de fotografar.

Graças ao aumento das “selfies”, as câmeras frontais também começaram a ganhar atenção das empresas especializadas. O Motorola RAZR V3, celular mais vendido na história, foi lançado em 2004 e possuía uma câmera frontal  VGA, a mais baixa qualidade de imagem para câmeras móveis, mas a mais avançada na época do dispositivo.

Em comparação, o Moto X Style, último lançamento da Motorola, vem com uma câmera frontal de 5 Megapixels. Isso significa que, em 10 anos, cerca de 4,7 milhões de pixels foram adicionados nas câmeras frontais, tudo graças ao amor dos “selfistas”.

Fonte: http://bit.ly/1NsOfKu   

FOCUS Escola de Fotografia – Desde 1975: http://focusfoto.com.br 
Conheça os cursos da Focus: 
http://focusfoto.com.br/cursos/ 
Fale com a Focus: 
[email protected] 
Veja Ultimas Noticias sobre Fotografia: 
http://focusfoto.com.br/blogs/  

Seja fotografo regulamentado. Obtenha seu registro Mtb de fotografo profissional
Registro Profissional: Respeito & Cidadania
“Faça bem feito, faça Focus! – 1975 – 2015 = 40 anos”    

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 15/08/2020)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)