Exposição em SP apresenta lado fotógrafo de Mário de Andrade

em Dicas & Tutoriais, Notícias.

Mário de Andrade, lado fotográfico, viagem à Amazônia em 1927, cultura nacional, registros fotográficos, cultura da região, elementos plásticos, o turista aprendiz, fotografia curso,  aulas de fotografia online, curso fotografia,  enio leite,    cursos online de fotografia ,curso de fotografia, focus fotografia, escola focus,  focus escola de fotografia,  cursos de fotografia sp, focus,  escolas de fotografia sp, curso de fotografia sp, cursos de photoshop

Fotos mostram trabalhadores em Paritins (Foto: Mário de Andrade/Divulgação)

Imagens da década de 20 mostram viagem do intelectual à Amazônia. Fotografias em preto e branco ficam expostas até 5 de maio em SP.

A exposição “Mário de Andrade: etnógrafo-fotógrafo e poeta” vai reunir 60 fotografias feitas pelo intelectual durante uma viagem à Amazônia em 1927.

Interessado pela cultura nacional, Mário de Andrade embarcou em uma viagem etnográfica na década de 20 rumo ao norte do país. No trajeto ele fez registros fotográficos e um diário sobre as paisagens, o homem e a cultura da região.

Segundo a curadora Adrienne Firmo “as fotografias demonstram também o empenho do escritor em transmitir por meio de elementos plásticos aquilo que é retratado, fundindo a informação ao valor artístico. Além de registrar cada imagem com títulos e legendas que as explicam ou esclarecem, aliando, dessa forma, a ação do turista-etnógrafo à do fotógrafo-poeta”.

Além deste experimento fotográfico, Mário de Andrade dedicou-se a uma nova viagem de reconhecimento do país em 1928, sobre a qual enviou crônicas ao Diário Nacional, publicadas na coluna intitulada “O turista aprendiz”. Também guardou em seus arquivos retratos de outras viagens, como até Minas Gerais, sendo a primeira em 1919, e, outra, em 1924, chamada por Mário de Andrade de “Viagem de descoberta do Brasil”.

Mário de Andrade: etnógrafo-fotógrafo-poeta

De 23 de março a 05 de maio de 2013 (terça-feira a domingo)

Horário: das 9h às 20h

Local: CAIXA Cultural São Paulo, Praça da Sé, 111

Entrada: Franca

Informações: (11) 3321-4400

Fonte: http://glo.bo/10oeLNq

Visite o site da Focus Escola de Fotografia –  http://www.focusfoto.com.br    

Sobre o autor

Os assuntos apresentados nesse blog são para uso meramente didáticos, complementares as aulas expositivas, tanto presenciais, quanto online, ministradas pela Focus Escola de Fotografia, sem qualquer outro tipo de propósito ou conotação. Mais informações em http://focusfoto.com.br. Por meio desse conteúdo, você já pode ter uma referencia do perfil do profissional que colocamos no mercado de trabalho. A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu registro Mtb de fotógrafo profissional, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 300 horas, incluindo períodos de estágio e preparo de TCC.. O registro Mtb de fotógrafo profissional é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo em menos de 4 meses de curso. O aluno obterá seu registro Mtb de fotógrafo profissional diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, bancos de imagens, agencias de noticias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou ongs. internacionais, como "Fotógrafos sem Fronteiras" entre outros. Seja fotógrafo devidamente regulamentado. Qualidade e excelência em educação fotográfica é o nosso diferencial. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na Focus, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! 41 anos. AUTOR DO PROJETO e ORGANIZADOR DO BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico,fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a Focus – Escola de Fotografia, instituição de ensino técnico e tecnológico.. No mesmo ano, suas fotos são expostas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez por esta instituição como obra de valor artístico. Fundador do Movimento Photousp no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politgécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Na falta de uma formação acadêmica especializada na área, esses fotógrafos montam laboratórios nas Faculdades de Engenharia e Arquitetura da Universidade de São Paulo. Os locais se tornam importantes pontos de referência para a geração de fotógrafos paulistanos formada nesse período, pois são espaços de discussão estética e investigação técnica, além de promoverem cursos e exposições. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e inventor. Escritor publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na terceira edição. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Estadão 15/06/2016)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)