FOTOGRAFIA: ARTE, CULTURA E CENSURA

em aulas de fotografia, aulas de fotografia online, aulas de fotografia sp, curso de fotografia, curso de fotografia profissional, curso profissionalizante de fotografia, cursos de fotografia online, cursos de fotografia sp, cursos de fotojornalismo sp, cursos vips de fotografia, Dicas & Tutoriais, escola focus, escolas de fotografia, escolas de fotografia sp, focus curso de fotografia, focus escola de fotografia, focus fotografia, fotografia aula sp, fotografia cursos, fotografia escolas sp, melhores cursos de fotografia SP, melhores escolas de fotografia Brasil, Mestres da Fotografia, Notícias, notícias sobre fotografia.

Mark Zuckerberg , Facebook, CENSURA, pornografia, Rede Social, aulas de fotografia online, +aula+de+fotografia+sp, escolas de fotografia sp, curso de fotografia sp, cursos de fotografia online, cursos de fotografia sp, focus fotografia, +escola+focus, +aulas+vips+de+fotografia, +melhores+escolas+brasileiras+de+fotografia, fotografia contemporânea

FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, MAIS UMA VEZ CENSURADA PELO FACEBOOK 

A Focus Escola de Fotografia mantém esse blog com o propósito de difundir a arte, técnica e cultura fotográfica.  Não é um trabalho fácil, nessa era digital, onde tudo, sem exceção, muda na velocidade da luz.  Entre esses artigos temos publicados trabalhos dos grandes mestres da fotografia e uma das fotos de um grande mestre Helmut Newton, foi censurada, deixando as páginas da FOCUS, no Facebook fora do ar por 30 dias.

Isso ocorreu justamente após o termino de uma grande campanha firmada entre o Facebook e a FOCUS. Enquanto havia interesse por parte do Facebook, fotos de editoriais de moda ou mesmo autorais com modelos seminuas eram aceitáveis, sem nenhum tipo de filtro ou restrição.

Mal acaba a campanha milionária e a FOCUS é penalizada por 30 dias não podendo postar mais nada!  Já enviamos 1001 comunicados, esclarecendo que somos a primeira escola de fotografia da América Latina, que estamos comprometidos em difundir a fotografia como manifestação cultural e artística, além de formar novos profissionais, mas parece que eles ainda não falam inglês.

Para Mark Zuckerberg, defensor da democracia norte-americana, nos mostra que para tudo há duas moedas. O Estados Unidos difunde a democracia nos quatro cantos do mundo, denunciando terroristas, ditadores e abusos dos direitos humanos.  E ainda prega o Estado Democrático Universal.

Mas há uma enorme diferença entre essa democracia e a democracia gerada pela Revolução Francesa. Mark Zuckerberg defende a democracia que interessa a ele, aquela que possa render muitos dividendos, sem se preocupar com outros detalhes e com as consequencias de seus atos.

Para aqueles que não conhecem a história do advento do Facebook, Mark Zuckerberg tinha um sócio brasileiro, seu braço direito, o co-fundador Eduardo Luiz Saverin. Quando Mark entendeu a grande mina de ouro que tinha nas mãos, dispensou seu sócio, assim di boa. Tudo isso foi relatado em no filme “A Rede Social”, The Social Network, 2010, sucesso de bilheteria daquela época

Aprendeu com a cúpula norte-americana, que a difusão da democracia pelo mundo é necessária, como um pretexto de monopolizar a geração de riqueza internacional. Seja ela, indústria, comercio, educação, setor terciário, etc.

Temos visto os norte-americanos comprar grandes universidades brasileiras, baixar o nível dos cursos, contratar novos professores, a maioria despreparados ou aposentados e transformar nossa educação em máquina de fazer dinheiro.

No atual cenário democrático, somos livres para consumir o que queremos. Mas, não somos livres para escolher candidatos a cargos municipais, estaduais ou federais que realmente nos representem. O serviço militar e o voto, são obrigatórios e não um direito real do cidadão. E o voto obrigatório gera a perpetuação do poder, conforme temos visto.

Dessa forma, Mark Zuckerberg, utiliza as premissas da democracia, conforme lhe convém e como ferramenta para continuar se capitalizando ainda mais.

E nivelando a arte e cultura brasileira por baixo!  Ajude-nos em nossa campanha que fotografia e arte são nosso patrimônio de valor inestimável e não podem ser confundidas com pornografia. E que a pornografia está presente em um único lugar: na cabeça das pessoas.

Se você concorda conosco, queira compartilhar esse texto. Não deixe por menos!

aula na Focus, Focus fotografia, focus escola de fotografia, workshops de fotografia, curso focus, focus foto, escola focus, cursos vips de fotografia, +cursos+de +photoshop, aula de fotografia sp, aulas de fotografia, curso de fotografia, melhores escolas de fotografia do mundo, fotografia contemporânea

Recebemos esse maling, após termos postado o texto. E as nossas páginas continuam censuradas e inoperantes, até quando?

Gostou? Veja + no Blog da Focus: http://focusfoto.com.br/blogs/ 
FOCUS Escola de Fotografia –  http://focusfoto.com.br

Conheça os novos cursos da Focus: http://focusfoto.com.br/cursos/
Confira opinião de Ex-Alunos: https://goo.gl/yRlkM9

Fale com a Focus: [email protected]

Seja fotografo regulamentado
Obtenha seu registro Mtb de fotografo profissional

 Referência em ensino de fotografia
“Faça bem feito, faça Focus! – Desde 1975”

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS MATÉRIAS APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PRODUZIDOS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO.
PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br

A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO MTB DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 300 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC
OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO)

O REGISTRO MTB DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo NOS CURSOS DA FOCUS, em menos de 4 meses de curso.
O aluno obterá seu REGISTRO MTB DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como “FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS” entre outras modalidades.
SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS.
Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos.

Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 43 anos formando novos profissionais.
AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE:
Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973.
Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA.

No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico.
Fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP.

Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP.
Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995.
Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas.

Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado – 17/10/2017)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)