MONTAGEM DE EXPOSIÇÃO

em Uncategorized.

Montagem de exposição, exposição de fotografia, tirando fotos, público, apresentação, motivação, planejar, escola de fotografia, amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia, escolas de fotografia, escola focus, melhor escola de fotografia, curso de fotografia profissional, aula de fotografia, agência magnum, curso fotografia, escola de fotografia profissional

Depois de passar algum tempo tirando fotos e acumulando imagens, a vontade de mostrar seu trabalho para pessoas além de seu círculo familiar e de amizades pode começar a crescer e o atormentar

A primeira coisa que você deve fazer é tirar da mente quaisquer dúvidas de que seu trabalho não é suficientemente bom para ser exposto a um público mais amplo.

Uma exposição é exatamente isto: você faz uma apresentação de si mesmo. As pessoas não vão rir, e talvez admirem. Se você tem motivação, deve começar a planejar desde já; você não pode começar esse processo muito antes da hora.

Transformando um sonho em realidade

Você pode achar que não está pronto para preparar uma exposição agora. Se for esse o caso, então talvez seja melhor concentrar-se na tarefa de criar um acervo de imagens adequado. Em algum momento, no futuro, você saberá que tem o material correto e que o instante chegou.

Nesse caso, tente imaginar como será a exposição: visualize como fará a iluminação, como posicionará suas imagens para obter o máximo impacto, como dará sequência às fotos para criar uma atmosfera particular, estabelecendo um fluxo narrativo ou significativo.

Imagine o tamanho das cópias, como elas vão brilhar sob a iluminação. Isso ajudará a focar sua mente e guiar suas energias, além de agir como um estímulo para a elaboração das imagens ou cópias. A seguir, estão alguns aspectos a ser considerados.

– Escolha o local com muita antecipação, já que as galerias mais conhecidas têm bastante procura e estabelecem sua programação com antecedência mínima de um ano.

Outras galerias podem reunir comitês trimestral ou semestral para decidir o que expor no período a seguir. Por sua vez, lugares como a biblioteca pública local ou um salão comunitário podem ser preparados para exposições em cima da hora.

– Escolha o local com criatividade. Qualquer espaço público pode ser um possível local de exposição – de fato, alguns espaços aparentemente improváveis podem ser mais adequados para alguns tipos de trabalho do que uma galeria. Tenha em mente que a própria presença de seu trabalho transformará o espaço em uma “galeria”, seja no andar superior de um ônibus, em um shopping center, ou em uma passagem de pedestres.

– Faça o orçamento com a cabeça, e não com o coração. Realize a melhor exposição que puder, e não uma que custe mais do que suas possibilidades. O propósito de uma exposição é ganhar uma maior audiência para seu trabalho, e não leva-lo à bancarrota ou forçá-lo a pedir favores financeiros de que você talvez precise no futuro para beneficiar seus empreendimentos.

– Ao decidir sobre o espaço que quer usar e tiver recebido todas as autorizações necessárias, faça o layout de todo o local. Isso também envolve fazer uma descrição resumida de suas cópias fotográficas na ordem correta de exibição; dessa maneira, é mais fácil visualizar a eficácia da sequência dos trabalhos.

Prazos

A montagem de uma exposição requer um planejamento cuidadoso, em níveis muito diversos, se você pretende que sua apresentação pareça profissional; assim não deixe quaisquer trabalhos importantes de carpintaria, eletricidade, molduragem de fotos ou similares para, por exemplo, um fim de semana prolongado ou feriado, quando talvez você não consiga encontrar pessoal qualificado se algo não der certo. E você deve sempre levar em consideração o fato de que algo pode dar errado.

Procurando patrocínio

Uma maneira de compensar alguns dos custos de montagem de uma exposição é por meio de patrocínio. A chave do sucesso envolve convencer um possível patrocinador de que provavelmente os benefícios do relacionamento serão recíprocos. É evidente que você se beneficiará de um acordo no qual possa usar um equipamento que não seria capaz de custear ou em que ganhe descontos na confecção das cópias, mas qual seria o benefício da outra parte?

A melhor abordagem relativa ao patrocínio envolve o convencimento dos possíveis benfeitores de que, ao disponibilizarem equipamentos ou serviços para você, o negócio deles ganhará impulso, ou seu perfil de público melhorará com a associação.

Pode ser que, por exemplo, os patrocinadores – indivíduos, empresas ou organizações – ganhem divulgação em jornais ou revistas como resultado da ajuda.

Geralmente, é sempre mais fácil obter serviços ou produtos do que dinheiro. Os materiais impressos, o espaço de exposição, impressão das imagens e até o coquetel do vernissage podem ser obtidos, mas dinheiro é improvável.

E lembre-se de fazer o contato em tempo hábil – as organizações possuem orçamentos fixados, e, depois que as locações de patrocínio foram feitas, muitas vezes não há mais verbas até o próximo ano fiscal.

Finalmente, mesmo se a resposta de um possível patrocinador for “não”, você pode solicitar algo que talvez seja ainda mais valioso: informações. Assim, peça sugestões a respeito de outras empresas ou organizações que possam estar interessadas em ajudar.

Uma exposição é a oportunidade de ter seu trabalho conhecido por um publico maior. Assim, faça uso pleno da oportunidade se ela aparecer, conversando com todos os seus conhecidos sobre o assunto e estimulando-os a difundir as informações para seus contatos.

Por fim, a montagem de uma exposição fotográfica reúne pessoas e talentos muito diferentes. São seus patrocinadores, tanto quanto qualquer apoiador comercial; assim, agradeça a ajuda e a contribuição inestimável dessas pessoas, já que sem elas sua exposição talvez nunca tivesse se materializado.

Aproveite para rever mais dicas sobre exposições de fotografia nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: G1 - 12/03/2020)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)