“O OBJETIVO DO MARKETING É REDUZIR A NECESSIDADE DE VENDER!”

em Artigos e Entrevistas.

A frase acima é do mestre mundial do marketing Philip Kotler. Entenda como isso faz muito sentido para quem vive da fotografia

O bom marketing nem
parece como tal. Não tem cara de anúncio e nem aparência de alguma ação
promocional. Simples assim. Na prática é bem mais complicado do que isso. Como
você vende algo se não propaga?

Leo Saldanha/Fhox

E o mais intrigante é que
fotógrafos e negócios de fotografia em geral fazem justamente o contrário:
anunciam antes na ânsia de vender. Só que não vendem direito porque não fizeram
o trabalho anterior.

De planejar, criar uma
linha mestra da segmentação, posicionamento da marca (com base na essência do
negócio) e atacando no alvo (onde o público se encontra). Enfim, sem uma
estratégia, sem foco no produto (ou serviço) tentar divulgar não vai dar
resultado. Ou pior: vai levar a única saída viável. Baixar o preço e usar a
divulgação para atrair os clientes com base nisso.

Nesse caso a ideia é
vender o quanto antes. Se tenho que vender vou postar no Insta e no Face ou
enviar um e-mail ou no WhatsApp. “PROMOÇÃO IMPERDÍVEL DO MEU ENSAIO EXCLUSIVO
POR XXX REAIS”. A frase vai acompanhada de uma foto do seu trabalho e você
recebe algumas curtidas, emojis 😊, um obrigado e com
sorte uma resposta do tipo: “vou falar com meu marido e te respondo”. Enfim, a
gente já sabe qual é a resposta nessa última alternativa.

MARKETING É A ARTE DE
CRIAR VALOR GENUÍNO AOS CLIENTES

O processo envolve todos
do mercado. Na ânsia de divulgar e aparecer, o fotógrafo promove sem pensar em
todo o resto. Talvez a explicação aqui seja a parte da vaidade e da paixão. Amo
as minhas fotos e quero mostrar para todo mundo. O fato é que nesse ponto está
correto. A fotografia é, antes de mais nada, o marketing inicial. Sua foto
passa uma mensagem (seja ela boa ou ruim).

O que falta, por outro
lado, é gerar uma conversa. Pois a promoção no marketing 4.0 virou conversa.
Como você faz para conversar com seus clientes? A confusão hoje no ramo é que
vendas é marketing. Que você deve aplicar técnicas de vendas para atrair
clientes. Mantê-los por perto já é outra história. O papel da venda é fechar o
negócio. Gerar o faturamento. Por fim, isso é bem óbvio.

Marketing em tempo
real
– nas redes sociais você consegue conversar e sentir os desejos,
necessidades agora. Acompanhando, perguntando, criando em colaboração. Não usar
esse efeito do que ocorre ao vivo é um grande desperdício. Afinal, usar uma
Live, um post no Instagram ou outra rede social se encaixa bem nesse exemplo…

Marketing de conteúdo
– você como profissional da imagem gera conteúdos o tempo todo.  Seja com fotos, vídeos, textos, histórias ou
relatos. Você aproveita esses conteúdos adaptados para cada canal? Pode ser
combinado com suas redes sociais, no seu site e afins. Mas poderia até ser um
evento presencial com parceiros e atraindo seus prospects e consumidores.

Marketing de permissão
– é pegar sua base de seguidores e pedir a autorização deles para conversar com
mais frequência. Foi a partir da criação desse tipo de marketing que surgiu o
inbound marketing. Mas não adianta ter a autorização para criar pseudos
histórias e bombardear seus clientes ou interessados com e-mails. Assim como
utilizar outras formas de contato para tentar vender, pois dá na mesma que o
velho estilo de vender, o tal do funil de vendas em tudo o que está relacionado
no marketing digital. Gerar contatos e cadastros para enviar comunicação com
frequência por e-mail e afins. A chance de se desgastar aqui é considerável.

O MARKETING NÃO É UMA
COISA TÃO NOVA

A principio, a verdade é
que existem muitas variações de marketing e suas denominações. Alguns
especialistas falam em mais de 20 estilos como os mais usados hoje. Entre eles
o outbound marketing que faz o barulho de forma aberta (propaganda em tevê é um
bom exemplo disso). O marketing não é uma coisa tão nova. São 60 anos de
história.

Logo é bem mais jovem do
que a fotografia que tem dois séculos de história. O que todo marketing
independente de qualquer coisa deveria ter é a mesma função. Conseguir fazer
você vender mais de forma indireta. Pois na essência a definição é a mesma independentemente
do tipo. “Eu preciso atrair e manter clientes”.

O que representa de forma
concreta gerar valor para a sua marca. O consumidor da fotografia tem que
perceber o valor do que oferece. Incitar o desejo, criar uma experiência e
fazer com que ele retorne e te indique. Sabemos que nenhum desses pontos é
coisa fácil de fazer. Para Kotler e outros grandes nomes do marketing mundial  marketing é uma coisa só. Digital, analógico,
live marketing…no fim é tudo a mesma coisa.

COMO CONQUISTAR A
FIDELIDADE DO CLIENTE

É aquele casal que depois
do casamento chamou o fotógrafo para fazer a gestante, parto e todas as etapas
importantes da família. A fotógrafa de aniversário que é chamada todos os anos
para retratar as crianças. O fotógrafo da família que faz o acompanhamento do
bebê, depois batizado, depois o primeiro aniversário e por aí vai. Como você pode
fazer o cliente comprar de você com frequência?

Fonte: https://bit.ly/2SLzywD

Aproveite para conferir mais no blog da Escola Focus.

PIONEIRISMO E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que
estudaram na FOCUS!
https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

ESCOLA FOCUS NO INSTAGRAM!
https://www.instagram.com/focus_escola_de_fotograf/

#marketing  #noticias #dicas_fotografia  #escola_focus #focus   focus_escola_de_fotografia  #focusfoto  #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia  #escolas_de_fotografia    #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: G1 - 12/03/2020)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)