O QUE ESTÁ POR TRÁS DA TROCA DE ATRIZES POR GISELE NA CAMPANHA DA AREZZO

em Dicas & Tutoriais.

Gisele Bündchen,  Arezzo,  Pantene, campanha publ icitária, investidores, Ibovespa, Bolsa de Valores de São Paulo, perfume, roupa, shampoo, lingerie, maquiagem, acessórios, Gisele Stock Index, Forbes, Facebook, Bob Wolfenson, cursos de fotografia de moda, cursos de fotografia publicitária, escola focus, cursos vips de fotografia, focus, ícone de mulher,

Gisele Bündchen . 

Foto: ©CORTESIA AREZZO

Camila Yahn
Gisele multiplicou por dez a participação da Pantene no mercado brasileiro. Gisele aumentou em 30% as vendas da C&A quando foi contratada pela empresa. Na Nívea as vendas saltaram 67%. Na Dior, ainda na época de John Galliano, houve um aumento de 20%.

Nós já ouvimos muitas vezes sobre o efeito Gisele e esses dados são encontrados em sites especializados em negócios, como Exame e Isto É Dinheiro. O fato é que Gisele tem mesmo um poder que poucas modelos têm.

Ela é uma das únicas celebridades brasileiras com apelo global, é a número 1 em sua área, a mais disputada, a que mais ganha e vive sua vida de acordo com valores corretos, tradicionais e saudáveis. Agora, ela está na campanha de Inverno 2016 da Arezzo, em uma aparente mudança de posicionamento da marca, que até há pouco tempo trabalhava com atrizes globais como Juliana Paes e Mariana Ximenes.

Atrizes costumam estar à frente de campanhas e capas de revista pelo interesse natural que o público tem sobre elas e pela grande infiltração que têm Brasil afora devido a sua exposição na televisão. Em uma pesquisa encomendada pela Procter & Gamble em 2010 no Brasil, México e Argentina, nosso país e o que possui o maior número de celebridades como “top endorsers”.

De cada 10 grandes influenciadores, sete são muito famosos. No México e na Argentina, apenas dois.  Será que Gisele vai elevar o valor da Arezzo assim como vem fazendo com outras empresas? Assim que foi divulgada sua participação na campanha da marca de sapatos, o site Glamurama notificou que a novidade foi bem recebida pelos investidores e que as ações da empresa estavam em alta em um momento de queda geral no Ibovespa, o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo.

Gisele vende de tudo: perfume, roupa, shampoo, lingerie, maquiagem, acessórios. Em 2007, foi criado o Gisele Stock Index, composto pelas ações de empresas que têm contratos com ela. Desde então, o índice subiu 105% e, pelos cálculos, se Gisele fosse uma empresa, valeria US$ 600 milhões. A modelo que mais vende no mundo é também a que mais fatura.

Segundo a Forbes, seu contrato com a H&M lhe rendeu US$ 5 milhões por campanha; mais US$ 8 milhões da Chanel e US$ 5 milhões pelo perfume 212 Vip, de Carolina Herrera. Já a Under Armour, segundo a Forbes, teria pago US$ 250 milhões por um contrato de 10 anos, valor não confirmado pela grife esportiva.

Porém, no dia em que divulgou o acordo, a marca viu seu valor de mercado aumentar 4%, o equivalente a US$ 590 milhões. Em uma conversa com Giovanni Bianco, diretor criativo das campanhas da Arezzo, ele conta que a contratação de Gisele reflete uma mudança de desejos, mais do que qualquer outra coisa.

“E de sempre querer mudar o rumo, mudar o que tá dando certo, pois a roda precisa girar. Além disso, eu tinha na minha cabeça fazer algo real, expor uma mulher real, mostrar que a Gisele, apesar de ser uma ícone, também é uma mulher como tantas outras”. É engraçado ver os comentários na página da Arezzo no Facebook no post de um dos vídeos com Gisele. “A foto ficou bem mais gente da gente”.

E outro: “Essa mulher é diva demais. Arezzo arrasou com ela de garota propaganda”. Ou: “A modelo é linda! A marca eu amo! Mas da foto não gostei, não ficou profissional”. E essa: “Parabéns muitas felicidades, tudo de bom!”. Em outro vídeo, os comentários vão desde “Além de grossa, mal sabe se expressar” a “Concordo totalmente com ela”.

Mas o que chama atenção é que a maioria dos comentários faz elogios aos produtos, o que mostra uma fidelidade que vai além da estrela do momento. De fato, é muito difícil agradar a todos, mas falem bem ou falem mal, Gisele rende assunto.

Um vídeo com ela nlo YouTube teve mais de 3.900 likes contra 313 de um com Giovanna Antonelli.  Trabalhar com a super modelo era um desejo antigo de Anderson Birman, fundador da Arezzo. “Ele sempre teve essa vontade, e claro que nós também, porém a Gisele estava sempre amarrada a contratos com outras empresas de acessórios.

Finalmente, ela ficou livre, então junto com o Alexandre Birman, surgiu essa grande vontade de mudar o que vínhamos fazendo com sucesso com as nossas lindas atrizes, por esse furacão chamado Gisele”, conta Giovanni. A campanha foi feita de forma diferente das outras, sempre super produções. A ideia aqui era que a própria Gisele batesse a foto, com supervisão e luz de Bob Wolfenson.

“No fim, a Gisele sempre se dirige, ela sabe a luz que fica melhor para ela, é muito determinada, então a coisa do autorretrato foi só uma sacada que eu tive de fazer isso virar oficial. E foi divertido”. As fotos tiveram styling de Daniel Ueda e beleza de Daniel Hernandez. Bianco diz que não sabe como o público vai receber essa mudança.

“Não faço nada pensando nisso e não sei o quanto a empresa está pensando também. Eu faço o que meu coração e alma falam e o que meu instinto indica. Às vezes somos campões, às vezes não, afinal somos seres humanos”.

No final, há a sensação de que a presença simpática e carismática de Gisele consegue chegar até o consumidor e até o produto final. E reunindo ela com Giovanni Bianco e Arezzo, fica difícil passar longe do sucesso. 

Veja vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=rYf338aDXlw
Veja galeria de fotos: http://goo.gl/YjY6PL
Fonte: http://goo.gl/5MO7vy  FOCUS Escola de Fotografia – Desde 1975: http://focusfoto.com.br
Conheça os novos cursos da Focus: http://focusfoto.com.br/cursos/

Conheça os trabalhos de nossos alunos: https://goo.gl/SUWruu
Fale com a Focus: cursos@focusfoto.com.br

Atualize-se com o Blog da Focus: http://focusfoto.com.br/blogs/ Seja fotografo regulamentado
Obtenha seu registro Mtb de fotografo profissional

Clube Focus: http://focusfoto.com.br/clube-focus/
“Faça bem feito, faça Focus! – 1975 – 2016 = 41 anos”  

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 12/03/2019)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)