Para casais e fotógrafos modernos

em Artigos e Entrevistas, Dicas & Tutoriais, Notícias.

iPad mini2, fotógrafos modernos, fotógrafos estrangeiros, tablet multifuncional,  Apple, Escola de Fotografia FOCUS, (11) 3107 2219, cursos de fotografia digital, cursos fotografias são paulo e cursos de fotografia a distancia. Fotografia digital dicas, cursos de photoshop, curso de fotografia básico, curso de fotografia avançado, cursos de fotografia profissional, fotografia tecnica, cursos de fotografia em estúdio, curso de fotografia de casamento, cursos de fotografia publicitária, concursos de fotografia, fotografo, curso de fotografia sp , fotografia, dicas de fotos, fotografia dicas, curso de fotografia de moda, curso de fotografia retratos e books, dicas fotografia, historia da fotografia digital,linha do tempo da fotografia, curso de fotografia São Paulo, escola fotografia sp, cursos de fotografia sp, focus fotografia, concursos de fotografia, fotografos, cursos de fotografia  sp zona leste, fotografia, blog focus fotografia, enio leite, escola focus de fotografia sp

Está cada vez mais nas mãos dos fotógrafos estrangeiros, mas não é câmera

Uma ferramenta que tem ganhado espaço e destaque como grande potencial, inclusive para a fotografia profissional. É o iPad mini 2, um tablet multifuncional com tela sensível ao toque da Apple, que só tem impressionado aqueles que conhecem o produto.

Suas utilidades são muitas: ler livros, assistir a vídeos, navegar na Internet, se divertir com jogos e aplicativos diversos, entre outras. Mas o que mais interessa no ramo fotográfico é a visualização de imagens.

Fora do Brasil, fotógrafos têm apostado no aparelho, principalmente como ferramenta para mostrar seu portfólio. Além de a tela ter ótima qualidade e suportar resoluções altas, toda a apresentação é feita com o toque, sendo possível girar, dar zoom e passar de uma foto para a outra de forma intuitiva e ágil. Tudo isso combinado com o design atraente, o iPad se torna perfeito para impressionar os futuros clientes.

“Começamos a trabalhar com ele por ser moderno e ao fato de que pode exibir nossas imagens em uma clareza incrível nas mãos dos clientes – em qualquer tipo de lugar”, diz o fotógrafo Grant Perry, da GrantDeb Photographers, na cidade de Newport News, Virgínia, nos Estados Unidos. Ele também considera a portabilidade uma das melhores características do iPad. “O único problema que tivemos até agora foi o “suporte técnico” para os clientes. Eles acham que nós devemos dar suporte, e não a Apple”, afirma.

Outro exemplo do país norte-americano que está fazendo bom uso do tablet é o casal Julia e Jeff Woods, de Peoria, Illinois. Para eles, o iPad mini2 é uma ótima forma de animar os noivos, que têm a tendência de serem mais desinteressados nas consultas com os fotógrafos do que as noivas.

 Hoje Julia mostra apenas um álbum para os clientes e os outros trabalhos são apresentados pelo iPad mini2. Antes ela levava até quatro álbuns para os encontros com os noivos. “A lista de preços está lá e ele ajuda a manter o interesse do cliente em algo que pode ser assustador para ele”, explica.

 Direto na tela – Tanto Julia e Jeff quanto Perry oferecem o próprio iPad para os noivos que estão dispostos a pagar. No caso de Perry, o aparelho de 16Gb com wi-fi vem com uma versão digital do álbum impresso e outras imagens. “Temos feito isso há nove meses”, conta ele. “A idéia de usá-lo veio no momento em que segurei um pela primeira vez. Sabia que seria um sucesso”.

E foi mesmo. Perry conta que um em cada dez clientes compra o pacote com iPad mini2. Uma média notável, já que não é um produto financeiramente acessível para os casais comuns. “É um produto fantástico que vende a si mesmo”, afirma.

 No Brasil já existem algumas implementações do aparelho. No Bar Brahma, localizado no centro da capital paulista, os clientes têm acesso ao cardápio do estabelecimento pelo iPad. O pedido é feito pelo aparelho e é contabilizado em sua mesa automaticamente. Pagamentos via cartão de crédito também podem ser feitos direto pelo iPad mini2.

 O fotógrafo Ricardo Milani, em São José do Rio Preto (SP), anunciou recentemente um álbum híbrido. Depois das páginas com as fotografias impressas, há um espaço específico no fim do álbum para colocar o iPad pessoal do cliente. Essa é só uma das primeiras idéias para a utilização do iPad mini2 no Brasil. E o produto já foi lançado oficialmente no País! Ainda tem muito mais por vir, com certeza.

 Focus Escola de Fotografia – Desde 1975 

Veja mais notícias:
http://focusfoto.com.br/blogs
Conheça os cursos da Focus: http://focusfoto.com.br/cursos/
Fale com a Focus:
 [email protected]

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: G1 - 12/03/2020)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)