PARATY EM FOCO 2109: MIGRAÇÕES E A MESTIÇA FOTOGRAFIA BRASILEIRA NA 15. EDIÇÃO DO FESTIVAL

em Exposições, Notícias.

Paraty em foco, focus escola de fotografia, focusfoto, focus cursos de fotografia, focus fotografia, focus aulas de fotografia
Foto: Claudia Andujar – Sonhos – Yanomami

Mais tradicional encontro de fotografia do Brasil homenageia cultura nômade

Jorge Rodrigues/Sopa Cultural

O Brasil é uma nação de imigrantes e de maciços fluxos
migratórios internos e esse será o tema do pioneiro dos festivais de fotografia
no país. O Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco – PEF 2019
comemora sua 15ª edição, de 18 a 22 de setembro, privilegiando essa população
nômade que mistura culturas, ideias e imagens e que faz artistas migrarem de um
suporte a outro.

A arte invade o Centro Histórico de Paraty, cidade
recém-declarada patrimônio da humanidade pela Unesco. Exposições gratuitas tomam
conta da Casa da Cultura e de espaços públicos como muros e praças. A Praça da
Matriz recebe imagens impressas em grande formato e uma tenda de projeções e
debates. Uma programação de palestras e workshops com grandes nomes da área,
mediante inscrição, faz a festa para fotógrafos amadores e profissionais.

EXPOSIÇÕES GRATUITAS

O PEF 2019 homenageia a fotógrafa Claudia Andujar.
Nascida na Suíça, ela chegou em 1955 ao Brasil após perder grande parte de sua
família na Segunda Guerra Mundial. Aqui foi atraída pela vida e causa dos povos
indígenas e seu lento extermínio pela paulatina migração do homem branco e o
avanço do desmatamento. Na Praça da Matriz, suas fotos da série Sonhos, que
revelam os rituais xamanísticos do Yanomamis, estarão expostas em grande
formato descortinando a essência do povo indígena.

Outra presença confirmada com exposição ao ar livre na
Praça da Matriz é a de Orlando Azevedo. Açoriano de nascença, brasileiro por
escolha, ele traduz em suas fotos o Brasil e seus tons de pele. Na mostra
Mestiço – Retrato do Brasil, Orlando exibe portraits realizados de Norte a Sul
do país. 

O holandês Pieter ten Hoopen leva para a Praça da
Matriz imagens da caravana de imigrantes da América Central que atravessou o
México até a fronteira com os Estados Unidos. 
O trabalho rendeu a Pieter o prêmio World Press Photo 2019.

Na quadra poliesportiva, coladinha à Igreja da Matriz,
os ganhadores da Convocatória em Foco vão exibir suas obras, escolhidas em duas
categorias: Ensaio e Foto Única. A mostra é um dos destaques do PEF e
plataforma internacional para dar visibilidade a tendências, autores e
trabalhos emergentes.

Os espaços em muros das centenárias construções de
Paraty também abrigarão exposições. Na Rua Marechal Deodoro, uma mostra reúne
três fotógrafas imigrantes do acervo do Instituto Moreira Salles: as alemãs
Alice Brill e Hildegard Rosenthal e a húngara Madalena Schwartz.

O muro da Casa da Cultura recebe a projeção do
fotógrafo francês radicado no Rio, Vincent Rosenblatt, com imagens do universo
dos bailes funk em comunidades cariocas.

Exposições ocupam a Casa da Cultura de Paraty:
Silêncio, da suíço-brasileira Sonia Guggisberg, sobre a gigantesca migração
contemporânea, com imagens feitas em territórios como a Grécia e a Ilha de
Lampedusa; Kilombo, da boliviano-americana Maria Daniel Balcazar, sobre a
resistência negra e sua importância na formação do Brasil; e Mundo dos
Esquecidos, da brasileira Eliane Band, com retratos de grupos étnicos do Sul e
Sudeste asiático. No pátio interno serão expostos os autorretratos criativos da
Selfie em Foco.

O muro do Campo de Futebol de Paraty, fora do Centro
Histórico, vai exibir 50 fotos de adolescentes da cidade, clicados pelo criador
do PEF Giancarlo Mecarelli para a mostra Sonho Meu. Nas imagens os jovens
mostram o que desejam ser no futuro.

Na Praça da Matriz, será instalada a Tenda de
Projeções voltada a trabalhos audiovisuais. No Cinema da Praça, sessões
gratuitas de longas serão exibidas mediante senha, 30 minutos antes das
sessões.

O festival mantém atividades como workshops e a série
de Encontros e Entrevistas, além de leitura de portfólios. Inscrições e
programação completa no site www.pefparatyemfoco.com.br

Fonte: https://bit.ly/2kBV9JC

Aproveite para conferir mais notícias
sobre festivais de fotografia no blog da Escola Focus.

PIONEIRO E INOVAÇÃO:
FOCUS – Escola de Fotografia – Desde 1975:  https://focusfoto.com.br    

#festivais #festivalfotografia
#fotografia #noticias  #dicas  #blogs   #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia        #cursos_fotografia

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 12/03/2019)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)