PASSO A PASSO DO MAKING-OF

em Dicas & Tutoriais.

making-of, noiva, momentos, ricos, informações, apreensão, alegria, ansiedade, fotógrafo, registros, preparativos, escola de fotografia, amazon, Focus escola de fotografia, aulas de fotografia, cursos de fotografia sp, escolas de fotografia, escola focus, CURSOS DE FOTOGRAFIA PRESENCIAIS EM SP, curso de fotografia profissional, aula de fotografia, escola de fotografia profissional

O making-of da noiva é um dos momentos mais ricos em detalhes e informações

Apreensão, alegria, ansiedade, relações e objetos são apenas alguns dos itens que se pode explorar nessa etapa.  Por essa razão, o fotógrafo deve estar antenado o tempo todo para obter bons registros dos preparativos.

A partir desse ponto comece a relacionar o passo-a-passo para facilitar o trabalho, que deve ser dividido em pequenas tarefas:

Nome do salão: caso o making-of ocorra em um salão de beleza ou dia da noiva, não esqueça de fotografar a fachada e alguns detalhes que mostrem a marca do local.

Normalmente essas imagens vão para o álbum e, mesmo que a noiva decida não escolhê-las, elas podem servir como uma espécie de moeda para você oferecer ao estabelecimento em troca de parceria.  Lembre-se: os fotógrafos dependem de boas indicações.

Vestido: quando se chega com tempo hábil no local escolhido para o making-of pode-se aproveitar para fotografas o traje da noiva e os acessórios utilizando a linguagem de still.

 Normalmente, cada vez que um vestido é mostrado ao fotógrafo, logo se pensa em fazer uma foto dele pendurado em um cabide.

Imagens de vestidos são muito repetitivas e é preciso criatividade para criar algo diferente. Uma boa sugestão para imagens originais de um vestido de noiva é fazer composições com acessórios tais  como véus e buquês.

Além disso, é possível brincar com a iluminação: utilize flash, luz contínua (LEDs, luz de vídeo ou lanternas) e até mesmo a própria luz disponível no ambiente no qual está o vestido. Você irá se surpreender com o resultado.

Brincos, tiaras e complementos de cabelo: os acessórios são parte importante da indumentária da noiva. Deve-se dar atenção especial a tais objetos, pois em alguns casos eles podem ser joias pertencentes à família da noiva. E, além do apreço patrimonial, os acessórios têm valor emocional.

Sapatos e outros acessórios: qual mulher que não gosta de sapatos? Imagine então uma noiva, que tem muito apreço por essa peça escolhida com muito carinho.

Portanto, sempre os valorize nas fotos. Aqui, mais uma vez o fotógrafo tem como desafio criar algo inédito e original. E entra em ação o lado da fotografia de still.

Como feito como vestido, procure compor a cena com outros acessórios, use recursos de luz e faça pelo menos duas imagens para dar opção aos noivos.

Detalhes: existe alguém mais detalhista que uma mulher? E se essa mulher, além de tudo, for uma noiva prestes a se casar? Dar atenção especial aos detalhes é valorizar tudo que a noiva planejou para o evento, além de ser sinônimo de polidez.

É muito bom para o profissional ouvir algo do tipo: “Nossa, até isso você registrou?” Esse detalhe a ser explorado pode ser o perfume preferido da noiva, o pincel do maquiador e até o terço com o qual ela entrará na igreja.

Enfim, todos os elementos que foram planejados pela noiva simplesmente podem ilustrar muito bem essa etapa de preparação.

Closes do rosto da noiva: são importantes, entretanto, muito cuidado com a iluminação usada e com a objetiva, pois elas podem deixar a noiva mais magra ou gorda, com o nariz maior ou menor.

Em hipótese alguma fotografe a noiva sem maquiagem, caso contrário, isso poderá dar margem a comparações do tipo “antes e depois”.

Fotografe-a depois que o maquiador aplicar a base corretiva, dessa maneira você poderá obter uma imagem da noiva com a pele uniforme, além de deixá-la mais bonita e feliz. Lembre-se que o ego das mulheres é complicado.

Buquê: como vivemos em um país tropical, quanto mais cedo o buquê for fotografado, mais fresco e vistoso ele estará e mais bonito será o resultado. Aproveite o making-of para fotografar o buquê. Além disso, o tempo durante a preparação da noiva é maior e se pode usá-lo para clicar fotos criativas usando o ramalhete.

Procure fazer registros nos quais o buquê tenha alguma interação com a noiva, ou então use algum lugar que possa  servir como fundo para fotografá-lo. Outro truque é compor a cena com outros elementos, pois muitas vezes o buquê solitário pode resultar em uma foto muito monótona.

Familiares e amigas: muitas noivas querem a presença de pessoas queridas, como irmãs, avós, mães ou grandes amigas. Aproveite o clima de emoção entre tais pessoas que se amam e garanta boas fotos. Um momento de piadas, massagens e todas de roupão e bóbis são situações divertidas para explorar.

Noiva se vestindo: fotógrafos do sexo masculino, muito cuidado nesse ponto. Esse é um momento muito íntimo, e nem sempre a noiva pode se sentir à vontade a ponto de se despir na frente de um homem que não seja o noivo.

Por isso que as fotógrafas tendem a levar grande vantagem nessas horas. Para os fotógrafos homens, uma dica: procure criar um certo vínculo coma noiva a ponto de ela confiar em você e achar normal a participação.

Ao invés de perguntar se ela se importa que você acompanhe essa etapa, procure não tirar os olhos do visor e continuar clicando. Um fotógrafo com o olho na câmera parece estar clicando, enquanto que um fotógrafo olhando para a noiva parece estar observando-a trocar de roupa.

Noiva com o maquiador ou cabeleireiro: é muito bacana retratar a noiva ao lado do cabeleireiro ou do maquiador. Ela escolheu tais profissionais para algum motivo, portanto vai querer ter registros deles no álbum. Além disso, tais fotos podem ser posteriormente enviadas por você aos profissionais e servem como um presente a eles, que podem se tornar parceiros futuramente.

Brincadeiras com espelhos e reflexos: os espelhos são um capítulo à parte no making-of. Eles podem ser usados como acessórios que permitem criar fotografias em ângulos diferentes. Uma dica: procure levar na  bolsa fotografia pequenos espelhos. Eles são muito úteis durante o trabalho.

Noiva pronta: a noiva pronta é o “produto final” do fotógrafo. Sempre que possível fotografe-a de corpo inteiro, maquiada e vestida. Procure um ambiente bacana no local do making-of que proporcione um cenário propício para isso.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia de casamento nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 12/03/2019)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)