Revista Time — foto sobre guerra e estupro causa polêmica

em Dicas & Tutoriais.

Aulas de fotografia profissional, aulas de fotografia para iniciantes, curso fotografia principiantes, curso de fotografia para iniciantes, focus foto, focus, maiores fotógrafos da história,  aula particular de fotografia sp, escolas de fotografia sp, escola fotografia vila Madalena, escola de fotografia online, escolas de fotografias em sp, cursos de fotografias online, cursos de fotografias em sp, cursos de fotografias em sp, curso de fotografias sp, curso de fotografia online, curso de fotografia sp, amadores da fotografia, curso de fotografia Santo Amaro sp, cursos de Fotografia Pinheiros SP, cursos de fotografia Tatuapé SP, cursos de fotografia , cursos de fotografia Santana sp, cursos de fotografia brooklin sp, cursos de fotografia Vila Madalena sp, cursos de fotografia profissional,  qualidade fotográfica, playboy, lola,  ansel adams zone system, cursos de fotografia mais baratos, pássaros, amadores da fotografia,   problemas do mundo, polemica, reality show, Revista Time, beleza, dignidade, agressão sexual, guerra civil,  estupro, fotografia de guerra, fotojornalista de guerra, Guerra Civil, retrato, Revista Time, zonas de conflito,  (11) 31072219, Fotografia,  cursos de fotografia Tatuapé sp, cursos de fotografia santo amaro sp, melhores escolas de fotografia sp, workshops de fotografia,    melhores escolas de fotografia de sp,  focus fotografia, curso fotografia,  cursos fotografia moema, fotografia curso,  curso intensivo de fotografia sp, curso de fotografia online, curso de fotografia, curso fotografia, melhores escolas de fotografia do mundo, focus foto,     aula de fotografia sp,  Curso intensivo de fotografia sp, aulas de fotografia, aula de fotografia sp, aula de fotografia sp, melhores escolas de fotografia do mundo, curso intensivo de fotografia sp, aulas de fotografia sp, aula de fotografia online, focus escola de fotografia, curso tecnico de fotografia em sp, escola de fotografia, curso de fotografia sp, preços  cursos de fotografia,  curso profissionalizante de fotografia em sp, cursos profissionalizantes de fotografia em sp,      escola focus foto, curso de fotografia em sp, fotografia focus são Paulo,  fotografe melhor, melhores cursos de fotografias online, melhores escolas de fotografia sp,  notícias sobre fotografia, enio leite, escola focus, melhores cursos de fotografia sp, focus fotografia,  melhores escolas de fotografia sp, focus escola de fotografia, cursos vips de fotografia, focus foto, cursos de fotografia focus,  escolas de fotografia sp, focus foto , curso de fotografia sp, cursos de vídeo Full HD, dicas de fotografia, cursos de fotografia sp, focus foto, cursos de fotografia zona sul sp, melhores cursos de fotografia sp, melhores escolas de fotografia sp, curso técnico de fotografia sp, melhores cursos técnicos de fotografia sp, escolas técnicas de fotografias sp, melhores aulas de fotografias sp,  curso de fotografia em sp, curso de fotografia zona leste sp, curso de fotografia em Santos, cursos de fotografia publicitária, fotografia curso,   Cursos de fotografia zona leste sp, cursos de fotografia zona sul sp, cursos de fotografia zona oeste sp, cursos de fotografia em santos, cursos de fotografia online, escola de fotografia, fotografia, escola focus, cursos de fotografia zona central sp, cursos de fotografia ABC sp,  fotografias, escola focus, cursos de fotografia Vila Mariana SP, Cursos de Fotografia Vila Madalena SP, aulas profissionalizantes de fotografia, escolas profissionalizantes de fotografia, curso de fotografia focus, cursos de fotografia ABC SP, cursos de fotografia centro sp,

“Os segredos dos crimes de guerra”

Gilson Lorenti
Somos muito práticos em discutir problemas do mundo (sociais ou ambientais), mas somos muito ruins em fazer alguma coisa. Pessoas em partes distantes, e economicamente desinteressantes, do mundo morrem aos milhares e estamos mais interessados com o final do Reality Show bacana da TV.
Pessoas morrendo na Síria? Sim, é importante, mas hoje tem o final do MasterChef, vamos discutir isso depois. Estupros no Sudão? Uma grande tragédia, mas no momento estou vendo a briga entre coxinhas e petralhas.

No final, o grande público não se importa, pois é longe e fazer algo efetivo demandaria muito trabalho (bater panela só é alguma coisa se você estiver vendendo ela). E a vida segue. Confesso a todos que estou muito cheio dessa onda do politicamente correto que só vê um lado da história. Geralmente o lado mais cômodo (e nem estou falando dos malucos que aparecem no Twitter).

Por isso que não acho estranho a revolta e polêmica que causou a capa da Revista Time da semana passada. A matéria que originou a foto tem o singelo título de “The Secret War Crime: Ending the source of conflict rape” e estampa na capa da revista a foto de Ayak que foi repetidamente violada por soldados de seu país durante a guerra civil no Sudão do Sul.

A foto, muito bonita, foi feita pela fotógrafa de guerra Lynsey Addario, http://goo.gl/Xm97QA, que também possui um histórico de agressão sexual em conflito.

Em 2011 ela foi capturada por soldados do exército líbio e sofreu agressão sexual dos mesmos. A foto mostra Ayak ao final de sua gestação de 9 meses. A reação contra a publicação foi gigantesca. Várias pessoas declararam (via Twitter, a única fonte de movimentação social que essas pessoas conhecem) que a revista estava se aproveitando da moça, colocando uma vítima de estupro semi-nua em sua capa.

Houve defensores do posicionamento da revista, mas quem espalha algo negativo sempre tem mais visibilidade. A capa é perfeita. Em sua simplicidade ela cumpre o objetivo de informar e, acima de tudo, nos agredir. Uma martelada em nossa consciência por nos lembrar que o mundo é escuro e cruel e que não fazemos nada, e as vezes nem nos importamos, para mudar isso.

A guerra civil no Sudão do Sul foi bárbara. Além de estupros sistemáticos também há relatos de canibalismo forçado (pessoas eram obrigadas a comerem parentes e membros da comunidade).

Lyndsey, na mesma revista, assina um artigo intitulado “The Secret War Crime: How Do You Ask Women to Relive Their Worst Nightmares”, http://goo.gl/XF2eGfonde conta a história de como foi a experiência e o processo de fotografar Ayaka para a capa da revista.

Temos aqui o indicativo de como foi a conversa inicial, o desenvolvimento do ensaio e como a modelo reagiu a toda a experiência. Para a fotógrafa “parecia que o próprio ato de fotografar Ayak e seu filho que estava para nascer deu-lhe a oportunidade de comemorar a mesma coisa que seus agressores haviam tentado roubar dela — sua beleza e sua dignidade”.

Fonte: http://goo.gl/ZSf5oK

FOCUS Escola de Fotografia – Desde 1975: http://focusfoto.com.br 

Conheça os cursos da Focus: http://focusfoto.com.br/cursos/
Fale com a Focus: cursos@focusfoto.com.br

 Veja  Ultimas Noticias sobre Fotografia: http://focusfoto.com.br/blogs/
Seja fotografo regulamentado.
Obtenha seu registro Mtb de fotografo profissional

Registro Profissional: Respeito & Cidadania
“Faça bem feito, faça Focus! – 1975 – 2016 = 41 anos”

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 12/03/2019)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)