CURSOS DE FOTOGRAFIA PRESENCIAIS EM SP

Informações, artigos, tutoriais e novidades
sobre o mundo da fotografia

DICAS DE EXPOSIÇÃO

em Artigos e Entrevistas

Quando você escolhe o modo de Prioridade de Velocidade, seleciona a velocidade e a câmera ajusta a abertura adequada, com base na leitura do fotômetro e em qualquer ajuste fino que você tenha feito à exposição. Esse modo dá controle sobre com o movimento é registrado na imagem final e frequentemente é o preferido dos…

TÉCNICA DE VOO

em Dicas & Tutoriais, Equipamentos

Podemos utilizar helicópteros ou mesmo drones, mas esses só dispõem de uma capacidade de manobra um pouco maior, em troca do custo  para alugar umas dez vezes mais. De qualquer modo a suspensão no ar origina vibrações que impossibilitam fotografar sem um complexo apoio amortecedor. Quer se use o avião quer um helicóptero, convém retirar…

FOTOGRAFIA AÉREA

em dicas de fotografia

As paisagens conhecidas adquirem uma nova perspectiva e alguns objetos só nesse caso se tornam evidentes. Os preparativos são fundamentais, já que o tempo de voo custa dinheiro. É quase sempre preferível que haja sol, o que nem sempre está garantido; as condições climáticas aceitáveis são: visibilidade a superior a 16 km, com céu limpo…

ARVORES E FLORESTAS

em Dicas & Tutoriais

É possível que seja necessário um conhecimento um pouco especializado para localizar bons exemplares, mas a fotografia dispõe de uma margem ampla para experimentar. O realismo documental não é o único sistema: as flores, em especial, permitem atraentes desenhos geométricos. As formas e os perfis complexos da maioria das árvores, e o fato de estas,…

OUTROS TIPOS DE ARTEFATOS

em Artigos e Entrevistas, Equipamentos

O moiré ou outros efeitos de artefatos podem não aparecer até que haja movimento na tomada, o que significa que você precisa observar a cena inteira para descobrir se há algum problema e o que o está causando.  Os tijolos podem aparecer sem problemas até que comece a chover, pois a combinação dos dois elementos,…

ARTEFATOS DA IMAGEM DIGITAL

em Dicas & Tutoriais

Isto é feito capturando-se a informação de somente alguns dos pixels de um quadrante ou fileira e utilizando estas informações para extrapolar a imagem inteira. Basicamente, a imagem capturada é um quebra-cabeças no qual as peças estão sendo criadas e reunidas de forma quase instantânea. Esta amostragem normalmente é chamada de pixel binning quando se…

ARTE PARA TODOS!

em Artigos e Entrevistas

Mas, na realidade, a falta de simplicidade da fotografia até a década de 1870 e a necessidade de uso da placa seca de gelatina fizeram essa prática, a princípio permanecer na esfera de profissionais e amadores entusiastas.  Seu apelo popular era, no entanto, tão grande que, de acordo com o historiador Helmut Gernsheim, em 1840…

TÉCNICAS GERAIS

em Dicas & Tutoriais

Em primeiro lugar, quase sempre há menos luz do que queríamos o que limita a nossa flexibilidade ao fotografar. Em muitos casos será necessário optar por uma solução de compromisso, sacrificando qualquer característica da imagem, como a resolução ou ponto de vista, para poder realizar uma fotografia aceitável. Por este motivo, muitas técnicas da luz…

DISTÂNCIA E VELOCIDADE

em Dicas & Tutoriais

Então até com a velocidade de obturação lenta poderá parar o movimento. Pelo contrário, os objetivos próximos que atravessam o campo visual, fotografados com teleobjetiva, e que depois se ampliem muito, podem ficar extremamente confusos, até com a máxima velocidade de obturação da câmera DSLR. Evidentemente quem nem sempre as imagens completamente nítidas sugerem movimento…

PARAR O MOVIMENTO

em Equipamentos

Contudo o obturador não é único fator que afeta esta possibilidade. Dois exemplos: um avião a distância de um quilometro e meio da câmera DSLR e um corredor a poucos metros de distância. O avião pode voar a algumas centenas de quilômetros por hora, e levam uns cinco segundos a atravessar o quadro da fotografia.…